terça-feira, 13 de março de 2018

Capítulo 72 - Não sei como eu consegui viver tanto tempo da minha vida sem te conhecer

Jantamos num clima maravilhoso, depois eu, Gabi, Dani e Rafa ajudamos a Nadine ali na cozinha. Depois ainda ficamos todos conversando lá fora, até resolvermos subir pra dormir, pois já passava de 1h da manhã. A Gabi foi dormir com o Gil e eu fui sozinha pro quarto. O Júnior foi levar o Davi com a Rafa, já que ele dormiria com ela e disse que iria dormir também.
Escovei os dentes, coloquei meu pijama e quando ia me deitar, bateram na porta
Clara: entra! - me sentei na cama, a porta abriu e era o Júnior, só de samba canção - cê não ia dormir?
Júnior: eu vou - fechou a porta - vim falar com você antes - veio na direção da cama e se sentou ao meu lado
Clara: fala meu querido - ele sorriu
Júnior: adoro seu cinismo - eu ri e ele me acompanhou - você pretende ir embora quando?
Clara: já quer me expulsar?
Júnior: não né, palhaça - eu ri - responde
Clara: acho que amanhã ou quinta, por que?
Júnior: fica até sábado
Clara: o pessoal vai ficar até sábado?
Júnior: não, eu tô pedindo pra você ficar até sábado - eu fiquei o olhando - aí fica eu, você e o Davi aqui, sábado a gente volta, porque tem a final do Neymar Jr's Five lá no Instituto
Clara: ah, é mesmo né, tinha esquecido
Júnior: fica?
Clara: vou pensar 
Júnior: ah mano, é sério
Clara: eu fico, seu chato - ele sorriu
Júnior: não resiste a mim - eu ri
Clara: você se acha demais, cara - ele riu e me deu um selinho
Júnior: dorme comigo? - ficou olhando nos meus olhos
Clara: não não não - o empurrei - hoje não queridinho
Júnior: por que não?
Clara: amanhã, amanhã eu durmo lá
Júnior: para de ser chata
Clara: e você me ama assim mesmo - ele me encarou e sorriu
Júnior: pior que amo mesmo - eu sorri e ele me beijou, foi me deitando na cama e o beijo esquentando, mas aí eu encerrei o mesmo com três selinhos
Clara: nem tenta - o empurrei e ele riu, me sentando na cama também
Júnior: tá bom, vou dormir - me olhou - não mesmo? - eu ri
Clara: para - apertei o rosto dele e dei um selinho nele
Júnior: mano, eu te amo demais - eu sorri e o abracei forte, já disse que amo o abraço dele? pois é!
Clara: eu também te amo demais - me soltei dele e o mesmo estava sorrindo - agora vai dormir, pra gente aproveitar a piscina, vai
Júnior: na outra vida você era uma sereia né, adora ficar na água - eu gargalhei
Clara: ah, cala a boca - ele riu e ficou me olhando - para de ficar me olhando assim
Júnior: não dá, não consigo - passou a mão no meu rosto - maravilhosa - eu ri
Clara: para, você vai me deixar sem graça - ele riu me olhando
Júnior: tá, vou dormir então - eu assenti - pede pra eu ficar
Clara: não Júnior - ri - seu quarto é aqui do lado, pertinho
Júnior: não é a mesma coisa
Clara: tá, mas é rapidinho, a gente vai acordar cedo
Júnior: tá, tá bom - eu sorri - vou lá então
Clara: vai - ele levantou e eu levantei junto - boa noite - abri a porta e ele se virou pra mim
Júnior: boa noite, chata - me deu um beijo rápido e mordeu meu lábio de leve - te amo
Clara: vai - ele riu, porque percebeu que eu fiquei sem graça. Ele me deu um selinho e foi saindo - Júnior - ele virou - te amo - sorri e ele sorriu também, deu uma corridinha até mim de novo e me deu outro beijo
Júnior: boa noite - sorriu e foi pro quarto dele. Entrei, fechei a porta, apaguei a luz e me deitei.
Eu tô amando o Júnior assim comigo, parece encanto de começo de namoro, sabe? os olhares intensos, o carinho, as palavras. Acho que Deus realmente fez de tudo pra nós estarmos juntos, ele tem razão, as coisas não aconteceriam desse jeito se fosse pra ficarmos juntos. Parece que esse tempo separados só fez aumentar o sentimento que nós temos um pelo outro, sei lá. É tudo bem louco.
Fiquei pensando em tudo o que vem acontecendo e quando ia pegar no sono, a tela do meu celular acendeu, olhei e era mensagem do Júnior. Sorri sem nem abrir. Quando abri, sorri mais ainda
Te amo e te quero pra sempre
Vem pra cá
É sério???
Kkkkk é, vem!
Ele não respondeu mais e em menos de dois minutos vi a porta abrindo acendi o abajur e vi ele com um sorriso no rosto
Júnior: é sério? - eu ri
Clara: deita comigo - fui mais pro canto da cama e ele se deitou ao meu lado - tava pensando em tudo o que você falou sobre tudo acontecer pra estarmos juntos 
Júnior: e aí?
Clara: e aí que eu concordo muito - ele sorriu - eu não quero mais ficar longe de você, Júnior
Júnior: e eu muito menos - eu sorri - eu te amo muito mano - colocou a mão no meu rosto, com os dedos entre os meus cabelos
Clara: e eu também te amo muito, muito mesmo! - sorrimos e eu passei a mão no rosto dele
Júnior: obrigado Deus! - eu ri fraco e ele me beijou lentamente, encerrando com um selinho demorado - não sei como eu consegui viver tanto tempo da minha vida sem te conhecer - eu sorri
Clara: eu digo o mesmo, mas Deus sabe o que faz né, aconteceu na hora certa
Júnior: e é pra sempre
Clara: é pra sempre - ele sorriu e me deu mais um selinho - agora vamos dormir - ele assentiu - boa noite - dei um selinho nele
Júnior: boa noite - deu um beijo no meu nariz, eu me virei, desliguei o abajur e senti ele me abraçando - te amo - sorri
Clara: amo você - ele deu um beijo no meu pescoço e eu logo dormi.

Quarta-feira, 6 de Julho de 2017
Acordei com o meu celular despertando, desliguei rápido pro Júnior não acordar, tirei o braço dele de cima de mim com cuidado e levantei da cama. Fui no banheiro, escovei os dentes, só joguei uma água no corpo, me enrolei na toalha e voltei pro quarto. O Júnior estava acordando e me olhou
Júnior: ai meu Deus - colocou a mão no rosto e eu ri - sério - sentou na cama - que saudade de te ver assim - eu sorri
Clara: para de ser besta - me aproximei da cama e ele agarrou minhas pernas
Júnior: casa comigo - disse me olhando, eu segurei o rosto dele e sorri
Clara: caso - assenti e lhe dei um selinho demorado
Júnior: quero acordar assim todos os dias - sorriu
Clara: levanta, vai - dei um beijo no ombro dele - vamos pra piscina - ele me soltou e eu me afastei
Júnior: vou lá no meu quarto - ele levantou - me espera pra descer - eu assenti, ele me deu um selinho, colocou o chinelo e quando ele ia sair, a porta abriu, era a Gabi 
Gabi: ai meu Deus - colocou a mão no rosto, porque o Júnior estava de samba canção, ele gargalhou
Júnior: para de ser idiota, menina - ela riu e tirou a mão do rosto, olhando pra mim em seguida
Gabi: vocês nem trancam a porta, que isso - eu ri
Clara: a gente não fez nada, tonta
Júnior: tchau pra vocês - saiu do quarto e fechou a porta
Gabi: vocês não tem vergonha não? - sentou na cama - ai credo - levantou e eu gargalhei
Clara: para de ser idiota, a gente só dormiu aqui, não rolou nada - ela ficou me olhando desconfiada - eu ia mentir pra que? tapada - ri e ela me acompanhou
Gabi: vocês voltaram de vez? - sentou na cama
Clara: não, a gente tá voltando aos poucos - sentei ao lado dela - eu amo esse menino, Gabriela, eu não aguento mais ficar longe dele - ela sorriu
Gabi: é nítido que vocês se amam, olha seu sorriso - eu sorri mais ainda - eu amo vocês juntos, sério
Clara: eu também amo nós dois juntos - rimos - bom, deixa eu colocar meu biquini - levantei - tem mais alguém já acordado?
Gabi: a Na e a Dani, eu acho - eu coloquei meu biquini - eu desci bem rápido, só pra pegar um remédio pro Gil
Clara: tá doente?
Gabi: dor de cabeça, tá lá dormindo agora
Clara: cuidando do bebê dela - rimos e eu peguei meu óculos - vai pra piscina?
Gabi: vou, só espera eu me trocar - eu assenti e sentei na cama, com meu celular. Respondi minha mão, a Lu, o Rafinha e o Hogue, que eu estou morrendo de saudades. A Gabi terminou de colocar o biquini, pegou o óculos dela também - vamos?
Clara: pega o bronzeador aí na bolsa - ela pegou - vamos - saímos do quarto - peraí que eu vou ver se o Júnior tá pronto - abri a porta e ele estava colocando a bermuda - duas horas pra colocar a sunga e uma bermuda
Júnior: eu tomei um banho rapidinho - pegou o celular em cima da cama - bora - me deu um selinho
Gabi: ai meu casal - o Júnior riu - podemos descer?
Clara: vamo - fomos pra escada, descemos e não tinha ninguém na sala, então fomos pra cozinha, lá estavam a tia Na, a Dani, Gui e Jota - bom dia mores - dei um beijo em cada um deles
Gui: tá felizinha né - riu e nós nos sentamos pra tomar café
Gabi: nem te digo o por que - riu
Clara: cala a boca gente, eu hein - o Júnior riu e deu um beijo na minha bochecha
Jota: eita, estão sentindo? clamar está voltando
Dani: quero muito - rimos
Nadine: eu apoio também
Clara: ai meu Deus - rimos. Tomamos nosso café da manhã, depois ajeitamos tudo ali e quando íamos pra área da piscina, o Davi desceu a escada com a Rafa
Júnior: bom dia filho - se abaixou e abraçou ele
Davi: bom dia pai - se soltou dele - bom dia tia Clara - me deu um abraço e um beijo
Clara: bom dia meu amor - dei um beijo nele e ele foi falar com a Nadine - bom dia pretinha - dei um beijo na Rafa
Rafa: bom dia, cucu - sorriu - vocês vão pra piscina?
Clara: vamos
Davi: também quero
Júnior: primeiro vai tomar café, a gente fica te esperando lá
Davi: tá bom - disse desanimado e foi indo pra cozinha, eu ri
Dani: vou ver se o Be acordou e já desço - concordamos e fomos lá pra fora. O Júnior, o Gui e o Jota já pularam na piscina e eu me sentei na espreguiçadeira junto com a Na e a Gabi
Nadine: e você e o Juninho hein - disse me olhando
Clara: ah tia, a gente vai tentar de novo né, mas aos poucos, devagar - ela sorriu - a gente se ama e já sabe que não dá pra ficar separado - ela assentiu
Nadine: eu dou o maior apoio - eu sorri
Gabi: somos duas, Na - rimos
Júnior: amor - o olhei e meu coração disparou né - pega meu óculos aí na mesa, por favor
Gui: uii, amor - riram, eu peguei o óculos e entreguei a ele
Júnior: obrigado - me mandou beijo
Clara: de nada - voltei pra espreguiçadeira - e Guilherme, cala a boca - ele riu
Gui: te amo Clarinha - eu revirei os olhos 
Ficamos ali tomando um sol, o Davi veio pra piscina, nós fomos também e a Rafa ficou tomando sol. Depois a Dani desceu com o Be, chegou o Cris com a Bianca e os meninos começaram a acordar também. Os meninos fizeram umas caipirinhas e nós ficamos tomando ali na piscina 
Clara: Ju - ele me olhou - tira uma foto nossa - cheguei perto da Gabi
Júnior: coloca seu dedo aqui - pegou meu celular e eu fui até ele, coloquei meu dedo lá e desbloqueou a tela - tá na hora de colocar numerozinho aqui né meu amor - eu ri e voltei pra perto da Gabi
Gabi: bem espontânea, vai - rimos
Júnior: ficou da hora - fui até ele e peguei o celular
Clara: ficou linda, obrigada - ele abaixou e me deu um selinho
Bianca: meu casal! - gritou e nós rimos
Gabi: cheguei primeiro Bianca, sai fora - eu ri e fui postar a foto
mcfbertolli: Aquela foto espontânea com a minha metade! @gabsmarques
Não olhei os comentários, porque o Davi começou a bater o pé na água
Clara: pega aqui Júnior - entreguei pra ele
Júnior: desbloqueia ele aqui - colocou o celular na minha frente
Clara: pra que?
Júnior: quero ver um negócio aqui - eu fiquei o olhando - é rápido - eu desbloqueei a tela - te amo - eu revirei os olhos
Clara: olha o que você vai mexer aí hein - ele me mandou beijo e sentou numa das espreguiçadeiras
[...]
Saímos da piscina já eram quase 17h da tarde e depois de tomar banho, eu e o Júnior subimos pra dormir um pouco. Entramos no quarto dele e ele deitou na cama
Júnior: empresta seu celular aí - me sentei do lado dele
Clara: pra que?
Júnior: empresta - eu desbloqueei e entreguei pra ele. Ele sentou na cama, ficou mexendo por uns cinco minuto e me entregou, olhei e estava aberto no insta do Hogue, numa foto que ele tinha postado comigo quando ainda estávamos juntos
official_hogue: Eu sempre vou cuidar de você!
Clara: pra que isso? - o olhei
Júnior: você tem essa foto no seu celular também
Clara: tenho - disse tranquila por ser normal né, ele ficou me olhando sério - Júnior, o Christian foi e é muito importante pra mim
Júnior: e ele vai ficar entre a gente?
Clara: por que entre a gente? você quer que eu tire ele da minha vida se for ficar com você?
Júnior: existe comparação entre a importância que eu tenho na sua vida e a que ele teve ou tem? - eu respirei fundo
Clara: Júnior, eu, nos ultimos três anos da minha vida, tive dois dos piores momentos dela e você não estava comigo em nenhum deles - ele abaixou a cabeça - eu não tô te culpando, me olha - levantei o rosto dele - você esteve comigo em todos os outros momentos, mas ele esteve comigo quando eu perdi a coisa que era a mais importante da minha vida naquele momento - percebi que os olhos dele estavam marejados
Júnior: eu não estava com você porque você não permitiu que eu estivesse!
Clara: Jú, eu não vou ficar jogando a culpa de volta pra você, o que me machucava nisso tudo, era não ter te contado, mas eu contei. Eu só tô querendo te dizer que era você que eu queria comigo naquele momento, mas quem estava lá era ele e eu sou muito grata a ele por isso - ele secou uma lágrima que escorreu em seu rosto e assentiu
Júnior: desculpa - me olhou
Clara: não, não pede desculpa, a gente já resolveu isso, a culpa não é nossa, era pra ser assim. E foi! - sorri - a importância do Hogue na minha vida, só não se compara a sua, porque é com você que eu quero passar o resto dela. Ele talvez tenha sido alguém que Deus mandou pra cuidar de mim enquanto eu me via "sozinha" - fiz aspas com o dedo - mas é você quem eu amo, eu sempre amei e ele sempre soube disso, inclusive, foi ele quem me fez falar com você quando voltei de lá
Júnior: eu tava me sentindo inseguro depois que vi essas fotos de vocês e, eu sei que é idiotice, porque você já me provou inúmeras vezes o quanto me ama - eu assenti - desculpa por isso 
Clara: não precisa se desculpar - ele sorriu me olhando
Júnior: você tava grávida né - o olhei
Clara: que?
Júnior: nessa foto - eu fiquei o olhando e, por mais que tenha passado, parece que quando ele falou isso, tudo voltou
Clara: tava - minha voz embargou e eu respirei fundo - foi quando a gente soube que talvez poderia vingar, se eu tomasse os devidos cuidados - sequei uma lágrima que escorreu - mas não era pra ser - sorri de canto
Júnior: mas ainda vai ser - sorriu - e nós vamos ser muito felizes - eu assenti sorrindo e ele me abraçou - eu te amo
Clara: te amo muito - o apertei mais e nos soltamos - vou deitar - ele assentiu, eu me deitei e ele deitou do meu lado
Júnior: amor
Clara: oi - o olhei
Júnior: eu vi que tem uma pasta com senha no seu celular, é o que eu tô pensando?
Clara: não é nude - ele riu fraco
Júnior: eu sei que não - eu ri também - posso ver? - eu assenti, desbloqueei meu celular, coloquei a senha pra abrir a pasta e fui mostrando pra ele
Clara: essa aqui, acho que foi um mês depois de eu descobrir - ele sorriu e continuou vendo as outras - essa foi quando eu descobri, achei que era só gordura - ele riu - e essa foi a ultima - sorri fraco
Júnior: você ficou mais linda ainda grávida - sorriu - quero te ver assim daqui a um tempo - eu sorri
Clara: te amo
Júnior: amo mais - me deu um selinho demorado e já emendou um beijo lento - linda - me deu mais um selinho
Clara: vou dormir um pouquinho
Júnior: também vou - dei um selinho nele, que me abraçou e, apesar de eu ter demorado um poco, consegui dormir.
[...]
Eu e o Júnior acordamos com o Davi nos chamando pra jantar, nós descemos, jantamos com o pessoal e depois do Júnior jogar um pouco, subimos de novo, pra voltar a dormir. Nós ainda assistimos o final de um filme que estava passando e depois acabamos dormindo de vez. 




Mais um fresquinho pra vocês!
Espero que estejam gostando, comentem bastante, preciso saber da opinião de vocês.
Espero conseguir continuar postando entre os dias que eu falei.
Lembrem que os comentários são meu incentivo!!
Beijos!

quarta-feira, 7 de março de 2018

Capítulo 71 - Faria sentido tudo isso se não fosse pra nós ficarmos juntos?

Almoçamos num clima maravilhoso e depois fomos nos trocar pra tomar um solzinho e ficar um pouco na piscina. Subi pro quarto em que eu estava com a Gabi, vesti meu biquíni, coloquei um short jeans e quando ia sair do quarto, o Davi estava ali na porta
Clara: que susto - rimos
Davi: tia Clara, você me ajuda a colocar a sunga?
Clara: claro, vamo lá no seu quarto - dei a mão pra ele e vi a Gabi chegando ali
Gabi: achou ela? - perguntou pro Davi e riu, ele assentiu
Davi: ela vai me ajudar
Gabi: vai lá, madrasta - me olhou rindo e eu mostrei o dedo pra ela sem o Davi ver - vou me trocar e já desço também
Clara: tá bom, vamo Davi - entramos no quarto dele - qual você vai colocar?
Davi: essa - me mostrou uma azul - você acha bonita? - eu sorri
Clara: eu acho linda - ele sorriu também - quer ajuda pra colocar?
Davi: não precisa tia, eu consigo - colocou a sunga na cama - só me ajuda a tirar minha camiseta - eu ri
Clara: ajudo - fui tirando a camiseta dele
Júnior: filho, tá c - parou de falar quando abriu a porta e me viu - ah, você tá com a tia Clara - sorriu e foi entrando
Davi: eu chamei ela
Clara: não vai pra piscina? - disse olhando pro Júnior depois de tirar a camiseta do Davi
Júnior: vou, eu vim ver se ele tava sozinho aqui em cima
Clara: já viu que não tá - sorri sem mostrar os dentes
Júnior: tá me mandando embora? - eu ri
Clara: claro que não, só que se você demorar, você não vai aproveitar a piscina
Davi: tia, eu vou no banheiro
Clara: tá bom - ele entrou no banheiro e eu olhei pro Júnior
Júnior: e se eu não quiser aproveitar a piscina? - foi se aproximando de mim
Clara: Júnior... - eu não terminei de falar e ele sorriu me olhando - para de me olhar assim - dei um tapa no peito dele e ele segurou minha mão - para - quis sorrir e ele mordeu o lábio
Júnior: eu te amo - se aproximou mais, colocou uma mão na minha nuca, a outra na minha cintura, me puxou mais pra ele e me beijou. Eu nem pensei em recuar, acho que queria mais do que ele. Foi um beijo muito bom e com bastante pegada, eu passei a unha na nuca dele e ele passava sua mão pelo meu corpo. Continuamos nos beijando até o ar faltar e encerramos com dois selinhos demorados
Clara: falo nada pra você - ele riu, segurou meu rosto e me deu mais um selinho demorado - cadê o Davi? - olhei ali pelo quarto e ele foi no banheiro
Júnior: filho? - voltou ali pro quarto - acho que ele desceu - riu
Clara: culpa sua né, dei um tapa no braço dele - ele vai contar pra todo mundo lá embaixo
Júnior: tá chamando meu filho de fofoqueiro? - eu ri
Clara: não, idiota, mas criança conta né - ele riu e me abraçou
Júnior: relaxa - deu um beijo na minha cabeça - vamo descer - me soltou - ou quer ir pro meu quarto? - me encarou com um sorriso bem safado no rosto
Clara: cala a boca - ri e o puxei pra fora do quarto
Júnior: ele tá com saudade de você - íamos descendo a escada e eu o olhei
Clara: ele quem?
Júnior: meu quarto - gargalhou e eu fiquei o olhando - linda
Clara: idiota - ri e descemos, ali na sala estava a Gabi e o Gil
Gil: hmmm - riu nos olhando
Júnior: o que é Cebola? 
Gabi: tamo sabendo hein - riu também e eu acabei rindo junto, mesmo sem saber o porque de eles estarem rindo
Clara: sabendo do que?
Gil: Davi desceu aqui e falou "tio Gil, meu pai tá beijando a tia Clara" - riu e imitou o Davi colocando a mão na boca, o Júnior gargalhou
Júnior: esse moleque é foda - rimos
Clara: eu avisei
Júnior: e daí que ele falou? beijo de novo aqui ó - segurou meu rosto e me deu um selinho demorado - tem segredo não - a Gabi riu
Gabi: voltaram?
Clara: não, ele que é idiota - ri
Gil: não dou uma semana - riu
Clara: vamos pra piscina meus amores? vamos? - fui bem sínica e eles riram
Júnior: vamo - passou o braço pelo meu pescoço
Clara: para - tirei o braço dele e fomos lá pra fora. Saímos lá e estavam a tia Na, Rafa, Davi e o Jota já na piscina
Rafa: nossa, finalmente, pensei que tava tendo reunião de casais
Clara: não sei por que tá falando no plural, casal aqui só tem um - tirei meu short
Jota: vocês acham que enganam alguém né - o Júnior riu
Gabi: eu nem falo nada - riu também
Nadine: eu dou o maior apoio
Clara: ai tia, até você - ela riu e eu entrei na piscina
Gustavo: qual é o assunto aí? - apareceu ali com o Carlinhos
Clara: nenhum, o assunto é você
Gustavo: eu?
Júnior: ela tá zoando - eu ri
Gil: a gente tá falando que eles são um casal de novo - apontou pra mim e pro Júnior
Carlinhos: e quem não sabia disso? - riu
Clara: ninguém, porque não tem casal
Gabi: Davi, o que você viu lá no seu quarto? - riu e eu a olhei
Davi: o que tia?
Gil: o que você falou pra mim lá na sala - riu 
Davi: aah - riu e colocou a mão na boca, olhando pro Júnior em seguida, que riu junto - o meu pai beijou a tia Clara no meu quarto - riu e escondeu o rosto
Rafa: É O QUE? - me olhou e eu coloquei meu óculos - Júnior - olhou pra ele 
Júnior: sei de nada - riu
Nadine: não sei por que vocês ficam escondendo, assumam logo
Clara: mas a gente não tem nada tia
Júnior: porque você não quer
Jota: OLOCOOO, QUE DIRETA MANINHO - nós rimos
Clara: ai, calem a boca - ri. Curtimos ali com eles enchendo o saco, fiquei em cima da bóia e pedi pra Gabi tirar uma foto minha. Ela tirou e eu fui postar
mcfbertolli: Não tá ruim não
Não olhei os comentário porque a tia nos chamou pra comer um lanche ali fora mesmo. Coloquei uma camisa minha que eu havia deixado aqui embaixo e fomos comer. Depois de ajudar a tia a juntar tudo ali, nós ficamos lá no gramado, brincando com o Poker (que o Júnior trouxe pro Brasil), o Truco e o Flush (que são os novos cachorros dele). Depois de um tempo a Gabi foi dormir porque estava com dor de cabeça, o Davi entrou com a tia, a Rafa foi secar o cabelo e os meninos foram jogar CS, deixando eu e o Júnior sozinhos ali, obviamente de propósito. 
Me sentei lá no gramado e o Júnior sentou do meu lado
Clara: Poker! - o chamei e ele veio pro meu colo (acha que é pequeno ainda)
Júnior: eu tô feliz por você estar aqui - eu o olhei e sorri
Clara: eu também - ele sorriu e depois ficou em silêncio - tira uma foto, por favor - desbloqueei meu celular e entreguei a ele, que levantou e tirou uma foto minha com o Poker - obrigada
Júnior: cem conto - sentou de novo
Clara: que foto cara - rimos e eu tirei o boné que eu estava, editei a foto que ele tirou e postei
mcfbertolli: Estava com saudades de você, parceirão #Poker 🐶💙
marcelafbertolli: Lindos, volta logo filha, estamos com saudades!
torcida_clamar: Não acredito que você tá com o Júnior!!! diz que vocês voltaram por favor, amo vocês
danigaido: Estamos chegandoo
rafaella: 💙
mcfbertolli: @danigaido vão vir hoje??? veeem
principenj: Essa menina não desgruda, fica cercando o Neymar em todo lugar
lucollins: Amigaaa, saudades! Que dog lindoo
userfem: Nossa @principenj verdade, ela foi no Instituto, no Villa Mix, show do TH e agora na casa dele do Rio, deve estar fazendo isso pra não dar espaço pra ele voltar com a Bruna, nojenta!
mcfbertolli: SAUDADES LUANAA, VOLTA LOGO @lucollins
guiaraujo13: Saudades hein
mcfbertolli: Saudades seu inútil!! vamos marcar algo, preciso conhecer sua namorada
mcfbertolli: @principenj @userfem primeiro que: no Villa Mix vai quem tem ingresso e nos outros lugares, eu estive e estou porque fui convidada pelo Neymar e pela família dele. E segundo: não estou cercando ninguém, ele faz o que quiser da vida dele, poderia estar perto de quem quisesse! Aah, terceiro: vão cuidar das suas vidas!
onelovemcfbertolli: Só faltou dizer "poderia estar perto de quem quisesse, mas está perto de mim" só pra pisar mais hahahaha TE AMO!
Parei de ver os comentários quando percebi que o Júnior estava me olhando
Clara: o que foi? - o olhei e sorri, bloqueando o celular em seguida
Júnior: tava só te olhando - sorriu também e eu fiquei sem graça - você ficou linda morena, acho que ainda não te falei isso
Clara: não falou - ri - mas obrigada
Júnior: queria que tivesse duas Claras - eu ri 
Clara: pra que?
Júnior: pra ter uma loira e uma morena - eu fiquei o olhando e ri de novo - mas é, você fica linda de qualquer jeito, mas me apaixonei por você enquanto era loira e me apaixonei de novo quando te vi morena - coloquei a mão no rosto e ele riu - para - tirou minha mão do rosto
Clara; por que você faz isso?
Júnior: o que? só tô falando a verdade - sorriu e ficou me olhando, mas ele não estava me olhando de um jeito normal, era um jeito mais profundo, como se realmente tivesse se apaixonado por mim novamente
Clara: não sei o que eu faço com você - sorri o olhando
Júnior: me beija - colocou a mão no meu rosto, eu fechei os olhos e senti seus lábios nos meus. Encerramos o beijo e ele me deu dois selinhos - muito bom ver que você tá cedendo - eu o olhei, sorri e dei uma risadinha
Clara: ai ai Neymar Júnior - ri, olhei pra frente e ele segurou uma das minhas mãos - a Dani disse que eles vão vir hoje - o olhei
Júnior: não muda de assunto - olhou no meu olho - eu preciso falar com você
Clara: tô aqui ué, fala - ele sentou na minha frente
Júnior: é que, na semana passada, eu recebi uma proposta do PSG
Clara: e você vai jogar na França?
Júnior: calma, deixa eu falar - riu fraco - eles fizeram uma proposta muito boa e eu tô feliz no Barcelona, mas eu queria sair um pouco da sombra do Messi sabe, tentar algo novo, só que eu não sei o que fazer
Clara: e você quer minha opinião?! - ele assentiu - Júnior, você tem que pedir a opinião da sua família
Júnior: minha mãe, a Rafa e os meninos disseram que me apoiam no que eu decidi, mas meu pai não acha que tá na hora de eu sair, ele quer que eu fique no Barcelona
Clara: Ju, você tem que seguir seu coração, fazer o que for melhor pra você e pra sua carreira
Júnior: eu quero ir, eu sinto que eu tenho que ir - me olhou - mas eu queria que você estivesse comigo, quando eu fui pra Espanha eu não te falei nada, você não soube de nada e só foi pra lá na minha apresentação. Dessa vez eu quero você comigo desde o início - eu sorri
Clara: eu vou estar com você e vou te apoiar, você sabe disso! tudo o que aconteceu não vai mudar nada, eu sempre vou estar do seu lado
Júnior: eu sei, mas eu quero você lá comigo, de vez - meu coração disparou e eu nem sei o por que
Clara: Júnior - ele me interrompeu
Júnior: Clara, a gente se ama, qualquer um vê isso! não tem por que nós não ficarmos juntos 
Clara: eu sei de tudo isso, mas é difícil, eu não sei
Júnior: eu sei que é difícil, mas cara, a gente terminou a primeira vez por um vacilo meu, eu entendo isso, você entendeu e voltou comigo, mas na segunda vez não foi culpa minha e nem sua, o Pedro apareceu num momento aleatório, com aquelas ideias e acabou com tudo. E ele só conseguiu porque envolveu você, porque se dependesse só do vídeo que mostra eu batendo o carro, eu pouco me importaria com ele
Clara: tá, eu sei de tudo isso, mas e se alguma coisa acontecer de novo? e se mesmo nós dois querermos ficar juntos, algo nos separar de novo? a gente nunca sabe se vai depender só da gente, eu nem sei se é pra ser
Júnior: meu amor - segurou meu rosto com as duas mãos - pensa comigo, nós dois nos envolvemos com outra pessoa, você tava feliz, eu tava levando e do nada tudo virou a nosso favor. A Bruna terminou comigo sem eu precisar mentir e o gringo foi pra outro país, fazendo vocês terminarem também. Você acha que se não fosse pra ser, se nós dois não fossemos algo que tivesse que acontecer, o mundo giraria e nos deixaria livres logo depois do momento em que a gente se reencontrou? - meus olhos já estavam cheios de lágrimas - faria sentido tudo isso se não fosse pra nós ficarmos juntos? - secou meu rosto e eu neguei com a cabeça
Clara: mas aconteceu tanta coisa
Júnior: eu sei, mas talvez tudo isso só tenha acontecido pra nos mostrar que nós temos que ficar juntos. Nós ficamos quase um ano separados e um não esqueceu o outro, um sempre teve o que dizer pro outro, até o que aconteceu de pior, pode ter acontecido pra mostrar que a gente pode fazer diferente, Clara
Clara: você me dá um tempo? - segurei sua mão e ele assentiu sorrindo - eu te amo - sentei em seu colo e o abracei o mais forte que pude, ele fez o mesmo
Júnior: eu amo você - deu um beijo no meu pescoço e desfizemos o abraço
Clara: vamos entrar? já tá escurecendo - ele assentiu, eu me levantei e o ajudei a levantar também. Ia lá pra dentro e ele me puxou, eu o olhei
Júnior: não fica com ninguém - falou de um jeito tão fofo que me fez sorrir
Clara: não vou - ele sorriu - acho que posso te pedir a mesma coisa né - ele riu fraco
Júnior: fica tranquila - me deu um selinho demorado
xxxx: tiaaa - olhei pra trás e vi o Bernardo vindo correndo
Clara: meu amor - corri até ele também e o peguei no colo - que saudade - o enchi de beijos

Júnior on
Dei um selinho na Clara e ouvimos alguém chamando ela, olhamos e era o Be vindo correndo lá de dentro
Clara: meu amor - correu até ele e pegou o mesmo no colo - que saudade - disse e beijou ele, eu sorri - você tava com saudade da tia?
Bernardo: dade - eu ri e ele abraçou ela, fiquei observando os dois e imaginando como seria com um filho nosso - tio Memá - me despertou e percebi que eu estava com um sorriso no rosto. Olhei pra eles e a Clara sorria vendo o Be me chamar fazendo gesto com as mãozinhas, fui até eles
Júnior: e aí meu amigão - sorri e ele veio pro meu colo - saudade de você po - dei um beijo nele e fomos entrando
Bernardo: dade tio - a Clara riu
Dani: correu pra ver a tia Malia - ele me chama assim porque ainda não consegue falar Clara kkk - e voltou com o tio Memar? - rimos
Clara: ele já correu pra me abraçar, tem que dividir um pouco - cumprimentou ela e eu fiz o mesmo
Júnior: e aí cunha
Dani: hm, estavam sozinhos lá fora - olhou pra nós dois e riu
Clara: a gente tava conversando - me olhou e eu sorri - cadê o Guilherme?
Gui: tô aqui - entrou ali com uma mochila nas costas, a Clara foi até ele e o abraçou - me ama demais - riu
Clara: fazer o que né - soltou ele
Gui: e aí irmão - tocou na minha mão e me deu um abraço, sem apertar o Be
Júnior: tranquilo mano?
Gui: de boa, a gente conseguiu vir hoje porque a Dani saiu mais cedo do consultório
Júnior: ainda bem né mano, bem melhor 
Nadine: Juninho, Clara, vocês não querem ir tomando banho? já vou preparar o jantar
Clara: eu já vou mesmo tia - deu um beijo no Be - a Gabi tá dormindo ainda Gil? - falou mais alto, já que ele estava jogando com o Gu
Gil: ela tá tomando banho, Clarinha
Clara: vou subir  então - me olhou - vai subir?
Júnior: vou - ela foi subindo - pega ele aqui, cunhada - dei o Be pra ela - o tio já vem, tá? - ele assentiu e eu subi depois da Clara
Júnior off

Ia entrar no quarto que eu estava com a Gabi, mas entrei no da Rafa primeiro e ela estava secando o cabelo
Clara: meu senhor, dois anos pra secar isso aí - ri
Rafa: vai cagar Maria - ri - eu tava fazendo hidratação
Clara: Deus me livre - ela riu
Rafa: vai tomar banho, vai
Clara: acho que vou tomar aqui, a Gabi tá usando lá no quarto
Rafa: então vai minha filha, enrola não
Clara: me respeita Rafaella - ela gargalhou - palhaça - ri - vou lá pegar minha roupa - saí do quarto dela, entrei no "meu" e já ouvi o barulho do chuveiro. Separei minha roupa, coloquei meu celular pra carregar, peguei tudo e fui pro quarto da Rafa de novo - voltei
Rafa: que pena
Clara: recalcada - ri - vou tomar meu banho - entrei no banheiro [...] Saí do banho e a Rafa já tinha descido. Terminei de me "arrumar", fui no outro quarto, deixei a roupa suja lá, peguei meu celular, saí do quarto e dei de cara com o Júnior - ai que susto - ele riu - fica me perseguindo
Júnior: ih, só ia ver se você já tinha descido
Clara: sei - fechei a porta do quarto - não me larga - disse indo na direção da escada
Júnior: não mesmo - me abraçou por trás e fomos indo assim
Clara: tá, agora me solta, eles vão ficar falando - disse quando chegamos na escada 
Júnior: chata - descemos as escadas e não tinha ninguém na sala, então fomos pra sala de jantar e eles estavam lá
Gabi: olha meu casal aí
Clara: cala a boca querida - ela riu
Gustavo: tô sabendo hein - o Junior riu
Júnior: vão cuidar da vida de vocês - eu ri 
Nadine: podem sentar gente, já vou colocar a comida na mesa
Clara: não quer ajuda, Na?
Nadine: não, pode ficar tranquila, tá tudo certo - mandei um beijo pra ela, sorri e me sentei de frente pra Dani, do lado da Gabi e o Júnior sentou do meu outro lado, de frente pro Gui e do lado da Rafa
Júnior: o da hora é que meu filho não fica perto de mim - eu olhei e o Davi estava do lado da Rafa e do Gu, eu ri
Davi: pai, é porque a tia Clara tem que ficar do seu lado - o Júnior gargalhou e o pessoal riu, quem aguenta essa criança gente? kkkkk
Júnior: então tá bom filho - o Davi riu
Dani: o que foi filho? - olhei e ele tava querendo sair do colo dela
Bernardo: tia Malia - apontou pra mim e eu ri
Gui: ô mano, sério, o que você fez com o meu filho? - disse me olhando
Clara: herdou seu amor por mim - a Dani riu
Dani: maior verdade - rimos e ela colocou o Be no meu colo. Fiquei brincando com ele enquanto a Na não terminava lá, ele ficou pintando um guardanapo e eu pedi pra Dani tirar uma foto nossa - filho - ele olhou pra ela - faz coração com a tia Clara - ele tentou fazer com a mãozinha e eu fiz com as minhas mãos em cima das dele, ela tirou com o celular dela e me mandou. Peguei meu celular e vi que o Júnior tinha curtido meu comentário respondendo as meninas lá na minha foto, eu ri
Júnior: o que foi? - falou só pra mim, já que o pessoal estava conversando e eu mostrei o celular pra ele - ah - riu - gente chata - eu ri, editei minha foto com o Be e postei
mcfbertolli: Matando a saudade da tia Malia, com muito amor (herdado pelo pai) 😍💙 #Beseminsta @danigaido @guipitta
lovebegpitta: Ai que lindos!! Se herdou do pai, é muito amor então hahahaha
danigaido: Amo vocês!
photosneymar: Lindos
candantas: Saudadesss... Davi vai ficar com ciumes hein
guipitta: Amo vocês
mcfbertolli: ele me largou @candantas kkkkk saudadesss
onelovemfbertolli: Lindos, te amo!
neymarjr: 💗
torcida_clamar: AAAAA, O NEYMAR COMENTANDO, EU NÃO AGUENTO
gladyspitta: Lindos! saudade Clarinha
Ia responder a tia Gladys, mas o Júnior tirou o celular da minha mão
Clara: para - o olhei
Júnior: vamo comer meu - olhei pra mesa e já estava tudo ali em cima
Clara: chato 
Júnior: sou mesmo - colocou meu celular no bolso da bermuda
Dani: Clara, não quer me dar ele, pra você comer melhor?
Clara: não precisa não, eu vou dando pra ele
Dani: adora uma graça - eu fiz careta pra ela - palhaça - eu ri e pedi pro Júnior colocar a comida pra mim, já que eu estava com o Be...








POSTEI!!
Tentaram me impedir, mas não conseguiram hehe.
Gastei meu tempo quase inteiro do dia pra postar, porque não acho certo vocês ficarem esperando.
Tentei escrever como estava antes de apagarem, mas óbvio que não saiu completamente igual.
Espero que gostem mesmo assim e continuem comentando.
Beijos!

PS: e a menina que disse que meu blog a ajuda, pode ficar tranquila, vou continuar escrevendo e espero continuar te ajudando, mesmo que indiretamente. Obrigada pelo incentivo 💗

terça-feira, 6 de março de 2018

IMPORTANTE!!

Gente, eu estou muito chateada! Combinei com vocês que postaria tanto no blog da Clara, como no da Dani, entre sexta e segunda-feira né?! pois bem, sábado eu escrevi pro blog da Clara e consegui começar a escrever o da Dani (ia terminar ontem, porque domingo fui pro jogo do Santos). Só que ontem, quando ia postar no da Clara e terminar o da Dani, chegou uma mensagem no meu celular, com um código pra redefinição de senha. Entrei em desespero né, vim aqui no Blogger pra ver o por que disso e quase chorei quando vi que além de terem tentado mudar minha senha, apagaram os capítulos que eu já havia escrito e estavam salvos como rascunho.
Então quero pedir a compreensão de vocês, porque quem tem blog sabe o quanto é díficil perder um capítulo e conseguir reescrever do jeito que estava. Juro que até desanimei, mas vocês não merecem ficar na mão.
Só quero que tenham paciência, pois vou reescrever (já comecei) e vou postar durante essa semana nos dois blogs.


E pra quem tentou "acabar" com tudo, só mando um simples VAI TOMAR NO CU! É isso, espero que entendam. Obrigada, beijos!

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Capítulo 70 - Conheceu a Clara? minha namorada

LEIAM O RECADO NO FINAL!


Ficamos todos lá vendo o show do Safadão, os meninos zoando pra caramba e a gente só rindo. O Jota ficou mesmo com a Emilly, o Júnior me olhou com uma cara tipo "viu? eu tava certo", mas não durou muito essa carinha porque logo a Mayla chegou perto dele e eles engataram um assunto que eu não faço ideia de qual seja. A Dani chegou perto de mim e logo vieram a Bianca e a Gabi também, já que a tia Na já tinha voltado pro hotel
Clara: acho que vou embora
Gabi: de jeito nenhum, por que?
Clara: ai, tá chato aqui, todo mundo de casal, não dá pra mim não
Dani: ah Clara, não né - disse me olhando
Bianca: para de graça Clara, a gente tá aqui com você, os meninos estão conversando - olhou pra eles - fica
Clara: não gente, sério 
Gabi: Maria - olhou ali em volta - ah, claro, já vi o porque de você querer ir embora - disse olhando pro Júnior conversando com a gêmea
Dani: nem liga pra isso Clara, você sabe que ele não vai ficar com ela, ainda mais na sua frente - eu olhei pra ele disfarçadamente e a Mayla já não estava mais lá
Clara: não tem nada a ver com ele - olhei pra Gabi - vou pegar alguma coisa pra beber e já volto - nem esperei elas responderem e como estavam todas com copos na mão, não perguntei se queriam algo. Peguei lá dentro uma garrafinha de heineken e quando voltei pra lá, a Mayla estava junto com elas. Revirei os olhos mentalmente e fui indo devagar até elas. A Bianca me olhou e quase riu, mas conseguiu se segurar
Mayla: ah, você que é a Clara né - eu assenti e dei um sorriso fraco - você namora com o Ney? - hahahaha alguém tem dúvida do motivo dessa pergunta? rs
Clara: não, não namoro não - a Gabi me olhou tipo "burra, devia ter dito que sim"
Mayla: ah sim - deu o maior sorrisão
Dani: tá te chamando - disse pra Mayla e apontou pra Emilly, que chamou a irmã de novo
Emilly: mana, vem aqui - fez o gesto com a mão
Mayla: deixa eu ver o que ela quer - deu uma risadinha e foi até a irmã, eu revirei os olhos
Bianca: você deveria ter dito que namora com o Juninho
Clara: eu não, passar recibo de corna e sem ser? tô fora - elas gargalharam
Gabi: mano, só você não vê que o Júnior não vai ficar com ninguém aqui se não for com você
Clara: ai defensores de Juninho, vocês são tantos - olhei pra cima e dei um gole na minha cerveja. Ficamos ali conversando e depois fomos um pouquinho lá dentro - Gabi, tira uma foto minha aqui - entreguei o celular pra ela, que tirou a foto e me devolveu o celular - obrigada amiguinha - ela revirou os olhos - chata
Gabi: também te amo - ela riu e eu a acompanhei enquanto postava minha foto
mcfbertolli: #VillaMixFestival
Não olhei os comentário porque não estava afim de ver todo mundo falando de Neymar no meu instagram.
Bianca: os meninos estão chamando pra ir lá - olhei lá pra fora e estava o Gil, Gustavo e Cris nos chamando, mas olhei pro outro lado e lá estavam Neymar e Mayla de novo
Dani: vamos lá - colocou o copo vazio em cima do balcão
Clara: podem ir, vou ficar aqui
Gabi: Maria Clara, para de graça, vamo logo
Clara: eu não quero meu, podem ir, eu vou ficar aqui, vou tomar uma caipirinha e depois eu vou
Bianca: você vai mesmo?
Clara: vou gente, eu juro, podem ir lá
Dani: vamo então, mas é pra ir hein Clara
Clara: sim senhora - elas foram e apesar do bico da dona Gabriela, eu fiquei bem de boa. Eu prefiro ela assim comigo do que brigada com o Gil por conta das mulheres que tinham no camarote. Fiquei um tempinho ali e resolvi ir lá com elas, já que estava tocando umas musicas legais. Agradeci o barman que me serviu e ficou trocando uma ideia comigo e fui saindo. Quando ia passar pelo Neymar e pelo Carlinhos, ele me chamou
Júnior: Clara - eu o olhei - vem cá - respirei fundo e fui até ele
Carlinhos: já volto - saiu e nos deixou ali "sozinhos"
Clara: fala
Júnior: para de ficar com essa cara
Clara: ah nossa, você vai querer ficar mandando em mim agora?
Júnior: não meu, só que você não abre a guarda, mas fica de cara feia por eu conversar com a menina
Clara: quem tá brava Júnior? eu hein
Júnior: ela não quer nada comigo, para com isso - eu gargalhei
Clara: você se faz de idiota, não é possível - virei meu rosto
Júnior: por que?
Clara: ela tá louca pra te pegar
Júnior: não viaja
Clara: não viaja você ô, idiota - ele riu
Júnior: por que você tá me xingando?
Clara: porque você me irrita - quase gritei - a lindinha veio me perguntar se eu era tua namorada
Júnior: e o que você disse? - quis sorrir, mas se segurou
Clara: que não né, ela ficou toda feliz, mas pra você ela só tá socializando né - fiz uma cara bem sínica
Júnior: devia ter dito que era ué
Clara: ata e pagar de corna sem ser, aham
Júnior: cala a boca - eu ia falar, mas ele me interrompeu - Mayla - ela estava passando e ele a chamou
Mayla: oi Ney - abriu um sorrisão e chegou ali
Júnior: conheceu a Clara?
Mayla: ah, conheci sim - diminuiu um pouco o sorriso
Júnior: minha namorada - ela parou de sorrir
Mayla: ah - me olhou - é que ela disse que não era - eu ia dizer que não mesmo, mas o Júnior me interrompeu de novo
Júnior: é que a gente tinha brigado e ela tava com raiva de mim - deu uma risadinha e passou um dos braços pelo meu pescoço
Mayla: ata - riu sem graça - vou ali com a Emilly - saiu fugida dali e o Júnior me olhou rindo
Clara: legal você ficar me usando pra dizer que não quer nada com a menina
Júnior: não é que eu não quero - eu o interrompi
Clara: então vai lá babaca - ia sair, mas ele me segurou
Júnior: para mano, me ouve - eu o olhei - eu poderia ficar com qualquer uma delas tranquilamente, até porque eu sou solteiro - eu tentei puxar meu braço - para, escuta - eu revirei os olhos - eu poderia ficar, mas eu amo você e mesmo que eu quisesse ficar com qualquer uma, não conseguiria
Clara: tá, já acabou sua encenação ou tá esperando o beijo? - fui irônica e ele riu
Júnior: eu te amo garota - me soltou e eu fui indo na direção das meninas
Dani: rolou um clima ali hein - riram
Clara: vocês são idiotas né
Gabi: já posso até imaginar que ele disse pra gêmea ali que você é namorada dele né?! - riu
Clara: ué, cê não tava com raiva de mim? - ela riu de novo
Bianca: fala vai, ele disse isso?
Clara: disse - revirei os olhos
Dani: clamar está vivíssimo - riram
Clara: vão a merda - rimos
Gabi: ó, daqui a pouco nós vamos pro hotel nos arrumar e partiu show do Thiaguinho hein
Clara: eu não vou pra lugar nenhum, ainda mais em show do Thiaguinho, ficar segurando vela pra casal apaixonado
Bianca: ah, você vai sim
Cris: quem vai onde? - chegou ali passando o braço pelo pescoço dela
Dani: cunha, a Clara tá de graça aí, disse que não vai pro Thiaguinho não - ele me olhou
Cris: eae Maria, não vacila hein mano
Clara: nossa, eu sou obrigada a ir? - o Gui chegou ali
Gui: ir onde?
Dani: pro Thiaguinho
Gui: ah, é obrigada a ir sim - disse me olhando
Clara: não mereço vocês
Ficamos ali curtindo e quando foi umas 22h30, perto de terminar, decidimos voltar pro hotel pra nos arrumar e partir pro show do Thiaguinho, que iria ter aqui em Goiânia também.
Gabi: essa roupa tá boa? - disse saindo do banheiro
Clara: tá ótima amiga, falta muito aí?
Gabi: não, só a maquiagem e o sapato, você faz a minha?
Clara: faço deixa só eu terminar a minha e já faço a sua - disse olhando ali pro espelho e ela voltou pro banheiro
[...]
Terminamos de nos arrumar e descemos, já encontrando os meninos e as meninas ali embaixo 
Gui: pronto? - eu assenti
Clara: cadê o Jota e o Carlinhos?
Dani: saíram com as gêmeas - o Júnior me olhou e eu virei o rosto
Gustavo: ae, vamo né?! vai começar lá
Júnior: bora gente, já falei com o Big, ele já tá aí na porta com a van - fomos saindo dali, os meninos meio que esconderam o Júnior e nós entramos na van. Sentei mais na frente com as meninas e os meninos sentaram lá no fundo. Chegamos lá no lugar do show, o Big foi com o Júnior até os fundos lá, nós pegamos as pulseirinhas e entramos pela frente mesmo. Não tinha camarote, mas tinha uma área vip que era separada da pista por uma daquelas grades móveis. Estava cheio lá, nas duas partes, mas estava tranquilo. Como o show não tinha começado ainda, o Júnior foi no camarim falar com o Thiago e nós ficamos conversando ali enquanto alguns dos meninos foram buscar bebidas
Bianca: como tá cheio aqui né 
Gabi: nossa, demais, até nessa área que era pra estar mais vazio né
Clara: Thiaguinho né gente - ri
Dani: cadê o Guilherme que não volta logo? - o procurou ali
Clara: gente, e meu primo? - encarei as meninas - depois dos primeiros shows eu não vi mais ele
Gabi: nossa mano, é verdade, o Thiago sumiu
Clara: vontade de matar esse menino
Dani: ele não mandou nenhuma mensagem também?
Clara: mandou nada - peguei meu celular e mandei mensagem pra ele
Bianca: amor - o Cris se aproximou - você sabe do Thiago? - ele me olhou
Cris: ele tinha dito que ia encontrar aqueles amigos dele de ontem, não apareceu ainda não?
Clara: não e também não dá notícia
Júnior: quem? disse chegando ali
Clara: Thiago
Júnior: teu primo? - eu assenti - ele tá vindo pra cá
Clara: e ele nem avisa nada - guardei meu celular de novo - anta!
Júnior: calma meu, ele não é criança não, sabe se virar
Clara: sabe se virar, mas se acontece alguma coisa com ele, ninguém vai saber, porque ele nunca avisa onde tá ou onde vai
Júnior: tá, mas fica de boa, ele já tá vindo
Clara: nossa hoje é o dia que você escolheu pra me controlar né
Gil: casal, calma - eu o olhei e ele riu - cê tá muito estressada cunhadinha
Clara: eu sou - o pessoal riu. O Gu e o Gui voltaram ali com algumas bebidas, o Thiago chegou, óbvio que dei um leve sermão nele e depois ficamos de boa, até porque, o show já havia começado. Eu estava um pouco longe do Júnior, porque o pessoal estava com os celulares na ativa ali, querendo pegar algo ou algum momento propício né. Começou a tocar energia surreal e percebi que o Júnior me olhou, mas eu voltei a olhar pro palco 
Thiaguinho: olha, tá tarde pro'cê ir embora, não é melhor você ficar? te empresto uma roupa minha, se bem que nem vai precisar - olhei pro Júnior e ele já estava me olhando, eu ia desviar o olhar, mas ele começou a cantar junto com o Thiago
Júnior: olha nos meus olhos, lê a minha mente, vai que de repente a gente tá pensando igual - ele sorriu me olhando - no sofá da sala, energia surreal, aqui dentro amor, lá fora temporal - eu balancei a cabeça negativamente e ele riu me olhando, certamente porque percebeu que eu também lembrei daquele dia em Mangaratiba. Ri também e voltei a olhar pro palco. Esse menino ainda vai me deixar louca!
[...]
Curtimos ali, o show terminou, mas os meninos queriam continuar lá por mais um tempo. Começou a tocar funk e eu e as meninas ficamos dançando
Dani: o Júnior tá te secando a tempos - elas riram, eu o olhei e ele realmente estava nos olhando
Gabi: dou uma semana pra clamar voltar a brilhar - eu a olhei e ri
Clara: cala tua boca
Bianca: você sabe que é verdade - rimos e eu revirei os olhos, só falam merda. Estávamos dançando e em um momento as meninas foram pra perto dos meninos, eu continuei dançando ali na grade e senti alguém segurando minha cintura, achei que era o Júnior e tirei as mãos dali, mas colocou as mãos de novo, olhei pra trás e era um cara que eu nunca vi na vida
Clara: sai, tá louco?
homem: qual é gata, vamo trocar uma ideia, tá sozinha?
Clara: eu não quero meu, sai
homem: não quer? eu duvido - segurou meu braço
Clara: caralho! você é surdo? eu não quero - puxei meu braço e ele veio pra me agarrar - me solta
homem: calma gatinha
xxxx: solta ela! 

Júnior on
Durante a música energia surreal eu lembrei de quando a Clara foi lá em Mangaratiba e a gente meio que se acertou, cantei pra ela e sei que ela se lembrou também, porque riu. Eu amo essa mulher! E vou fazer de tudo pra reconquistar ela. 
O show do TH acabou, fui lá no camarim me despedir dele, que tinha outro show pra fazer e como os meninos não queriam ir embora, eu voltei pra aquela área vip improvisada. As meninas estavam dançando funk e eu fiquei olhando a Clara, que saudade de ter ela comigo mano.
Gui: bota um babador, Juninho - riu e eu o acompanhei
Júnior: cala a boca, idiota - rimos
Gil: Gabi! - a chamou e ela o olhou - vem cá - ela falou com as meninas e elas vieram também, só a Clara que continuou lá dançando. Fiquei a olhando e depois me virei pra pegar minha latinha de energético
Gustavo: ih Juninho, perdeu - riu e eu olhei pra Clara já com o meu coração disparado, achando que ela estava ficando com alguém, mas só tinha um cara lá perto dela, fiquei nervoso só de pensar nela beijando aquele cara, mas ela parecia não estar gostando do que ele estava fazendo ali, ele segurou o braço dela, ela falou alguma coisa e se soltou, mas ele ficou tentando agarrar ela - filho da puta - ele ia lá, mas eu segurei seu braço
Júnior: eu vou - joguei minha latinha ali e fui até eles
Clara: me solta
Júnior: solta ela! - puxei a Clara - você tá com algum problema?
xxxx: qual é Ney, deixa eu garantir a da noite - olhou pra ela de um jeito que me deu vontade de meter a mão na cara dele
Júnior: garantir a da noite o caralho, você não tá vendo que ela não quer?
Clara: deixa Júnior - tentou me tirar dali, mas eu tava muito puto
xxxx: desapega irmão, ela nem é mais tua namorada
Júnior: desapega você, otário! tá vendo que ela não quer e fica querendo forçar a mina - ele ficou olhando pra minha cara - vaza irmão!
xxxx: você não é dono daqui não, se liga
Júnior: vaza! - empurrei ele
Clara: Júnior, para
Gustavo: tá acontecendo alguma coisa aqui? - olhei pra trás e ele estava com os meninos
xxxx: ih, alá - riu - tu precisa de amiguinho pra te defender?
Thiago: cê tá bem louco mané? vaza daqui
xxxx: vou vazar mesmo, tá cheio de cuzão aqui - riu
Gui: é verdade, aí tem você junto e fica pior ainda - o cara ia saindo mas voltou e quis ir pra cima do Guilherme
Júnior: tu quer apanhar? - empurrei ele
Clara: gente, para - me puxou e ficou na minha frente - sai daqui seu idiota - disse pro cara
Cris: vaza otário!
xxxx: eae Fernando! - chegou ali falando com o cara - tá louco irmão? - puxou o cara pelo pescoço - desculpa aí Neymar
Fernando: me deita Dudu, caralho - se soltou do cara e saiu dali
"Dudu": desculpa mesmo Neymar, ele bebeu demais
Júnior: tranquilo, só controla ele, porque numa dessas ele sai daqui quebrado
"Dudu": não, beleza - apertou minha mão - posso tirar uma foto com você? 
Júnior: claro - tirei a foto com ele
"Dudu": desculpa aí hein - eu assenti, ele acenou pros meninos, que fizeram o mesmo e ele saiu dali
Júnior: vamo voltar pra lá - fomos indo pro canto em que estávamos antes
Júnior off

Thiago: se eu pego um cara desse com cachaça na mente - eu o olhei
Clara: para meu, vocês querem arrumar confusão
Júnior: você vai dizer que não precisava?
Clara: precisava, mas não de tudo isso, chama a atenção do pessoal
Gil: tá todo mundo bêbado já, ninguém se liga em nada
Bianca: mas gente, o que aconteceu?
Cris: minha lerdinha - rimos e ele deu um selinho nela - o cara tava querendo agarrar a Clara
Gabi: ainda bem que ela tem o herói dela né, sempre salva - eles riram e eu acabei rindo também
Júnior: eu sou foda - riu e eu revirei os olhos - chata - me abraçou e eu retribuí
Clara: obrigada - disse perto do ouvido dele, já que tinha muito barulho ali
Júnior: não precisa agradecer, eu te amo - eu sorri
Clara: eu também te amo - ele me encarou e me deu um selinho bem rápido
Gustavo: EU VII
Dani: viu o que menino? - eu e o Júnior o olhamos
Gustavo: uma mina muito gata passando ali - eu e o Júnior gargalhamos e o Gu passou por nós - segredinho nosso - ele tava bem bêbado e isso nos fez rir de novo
Gabi: casal, vamo embora né, eu sei que tá legal aí, mas amanhã tem que voltar pra casa
Júnior: cala a boca - ela mostrou o dedo e saiu de perto, eu ri e nós continuamos abraçados - terça o pessoal vai lá pra casa de Mangaratiba, vai também - eu o olhei - por favor
Clara: esse povo não trabalha não? - ele riu
Júnior: eles já deram um jeito
Clara: engraçado que eu sempre sou a ultima a saber de tudo - ele ficou me olhando, acho que pensou que eu estivesse falando de tudo o que já aconteceu - eu tô falando dessas viagens
Júnior: você vai né?! 
Clara: vou Júnior, vou
Júnior: a gente vai de jatinho tá
Clara: não tenho escolha né - ele riu
Gui: bora Juninho? vai dar quatro horas já mano, amanhã tem que voltar pra casa
Júnior: bora - deu um beijo na minha testa e me soltou, indo falar alguma coisa com o Gustavo
Gui: voltaram?
Clara: somos amigos - ele riu e passou o braço pelo meu pescoço
Gui: sei, amigos - eu ri também, ele passou o braço pelo ombro da Dani junto e fomos saindo de lá, indo pro lugar onde o Big estava com a van. Entramos, eu sentei lá no fundo, porque tava morrendo de sono e o Júnior sentou do meu lado
Júnior: tá com sono né?! - eu assenti, ele passou o braço pelo meu corpo e me fez encostar a cabeça em seu peito - cê tá bem?! - disse passando a mão no meu cabelo
Clara: tô - o olhei e sorri. Fomos conversando no caminho, nem consegui dormir porque os meninos estavam fazendo a maior bagunça lá. Chegamos no hotel, me despedi dos meninos e das meninas, a Gabi ficou se despedindo do Gil e eu fui subindo com o Júnior. Entramos no elevador, eu apertei o botão do andar do meu quarto e ele não apertou nenhum - não vai pro seu quarto?
Júnior: vou te deixar no seu primeiro - me abraçou de novo
Clara: tá grudento hein - ele riu
Júnior: eu sei que cê gosta - eu ri também e ele deu um beijo na minha testa - pena que cê é difícil - eu gargalhei
Clara: cala a boca - rimos e saímos do elevador. Peguei o cartão do meu quarto e me despedi dele - boa noite, vê se dorme logo - dei um beijo na bochecha dele
Júnior: boa noite, pode deixar que eu vou - riu - dorme bem - sorriu e ia saindo
Clara: Júnior - ele se virou e eu o abracei - obrigada por hoje - senti ele sorrindo, sorri também e o soltei
Júnior: te amo - me deu mais um selinho, dessa vez demorado e segurando meu rosto
Clara: também amo você - sorrimos - vai dormir - coloquei a mão no peito dele e meio que o empurrei, ele segurou minha mão e riu, porque certamente percebeu que eu não resistiria a ele hahaha. Ouvi o barulho do elevador, ele se abriu e estavam o Gil e a Gabi ali
Gil: bora Juninho - ele deu um selinho na Gabi, ela saiu do elevador e o Júnior me olhou
Júnior: tchau - sorriu
Clara: tchau - sorri também
Gabi: casalzinho apaixonado - riu e eu revirei os olhos
Júnior: boa noite Gaburra - bagunçou o cabelo dela
Gabi: vai a merda menino - ele riu e correu pro elevador
Gil: boa noite Clarinha - disse rindo, eu acenei, o elevador fechou e nós entramos pro quarto
Gabi: vocês se certaram de vez? - disse tirando o vestido
Clara: não, somos só amigos
Gabi: ah para né, quer enganar quem?
Cara: ninguém, você que fica se enganando aí
Gabi: vou aguardar os desfechos dessa história depois de Mangaratiba - riu e entrou no banheiro. Revirei os olhos, tirei minha maquiagem ali mesmo, peguei meu pijama e fiquei esperando a lindinha sair do banheiro. Ela saiu depois de uns dez minutos e eu entrei [...] saí do banho e a Gabi já estava capotada na cama. Mandei mensagem pra minha mãe avisando que mais tarde estaria lá, coloquei o celular pra despertar, pra carregar e deitei, dormindo logo em seguida

Terça-feira, 5 de Julho de 2017
Já estamos aqui em Mangaratiba. Por enquanto, só eu, Júnior, Rafa, Nadine, Davi, Gabi, Gil, Gustavo, Jota e Carlinhos. O resto do pessoal deve chegar amanhã e tem o povo aqui do Rio que deve vir pra cá ainda hoje. Neymar adora casa cheia né.
Deixamos as coisas nos quartos e descemos pra almoçarmos todos juntos antes de começar a curtir aqui.









Primeiro eu quero mais uma vez pedir perdão pela demora. Me desculpem, sério!
Depois eu quero agradecer pela paciência que vocês tem comigo.
Logo logo esse casal vai estar juntinho de vez e prometo que não os separo mais.

Agora vamos falar sobre as postagens. 
Eu cheguei a conclusão de que eu preciso me comprometer. É, me comprometer com vocês. Então eu vou combinar com vocês que eu vou passar a postar, tanto aqui, quanto no blog da Dani, sempre entre sexta e segunda-feira. Sei que também é ruim uma postagem por semana, mas é melhor do que ficar duas, três semanas ou mais de um mês me esperando postar. É que quando eu me comprometo com prazos, fica mais fácil pra mim. 
Mas lembrem que também depende dos comentários e interação de vocês!
Bom, é isso. Espero que estejam gostando e continuem acompanhando.
Beijos e obrigada pelos comentários!