sábado, 2 de dezembro de 2017

Capítulo 66 - É hora de voltar

Clara: quando você vai pra Itália? - desfizemos o abraço
Christian: depois de amanhã - sorriu de canto
Clara: tão rápido - ele assentiu - come aqui com a gente hoje? - ele ficou me olhando - por favor
Christian: tá bom - sorriu - mas não vou poder ficar, tenho que arrumar minhas coisas e ficar um pouco com a minha mãe e o Brian - eu assenti secando meu rosto
Clara: vou chamar a Collins - ele assentiu e eu fui chamar a Lu [...] Resolvemos pedir uma pizza e então ficamos na sala conversando enquanto não chegava. Ele contou pra ela que iria embora e ela quase chorou também. Comemos enquanto conversávamos e depois de darmos um jeito na cozinha, o Hogue disse que iria embora, então nos despedimos e ele se foi.
Luana: vamos dormir? - disse depois de sair do banho
Clara: vamos, tô morta - me joguei na cama e ela deitou do meu lado
Luana: Clara - a olhei rápido, porque ela sempre me chama de Maria - eu sei que você não quer falar disso, mas quando você viu o Neymar, você não se arrependeu de não ter contado pra ele? - fiquei sem entender - você sabe sobre o que eu tô falando
Clara: não, eu não me arrependi, eu acho que não
Luana: se arrependeu sim, a Gabi disse que você ia se arrepender - eu a olhei e lembrei de quando a Gabi veio aqui, um mês antes do Natal

Flash Back on
Voltamos do restaurante e fomos pro hotel em que a Gabi estava. Entramos no quarto e ela foi tomar um banho
Luana: eu gostei dela - eu sorri - parece comigo
Clara: na loucura é completamente igual - rimos
Luana: você sabe escolher suas amizades - riu e a Gabi saiu do banheiro já arrumada
Gabi: e aí, vamos falar desse bebê - sentou com a gente na cama
Clara: não, não vamos falar!
Luana: Maria, para de agir assim
Gabi: você não vai contar pro Neymar?
Clara: é óbvio que não
Gabi: meu, você sabe que eu tô odiando ele, mas ele é o pai do seu filho, ele tem que saber
Clara: Gabriela, essa criança não vai nascer, ele não precisa saber 
Gabi: para de falar assim! - gritou comigo
Luana: Maria, não fala desse jeito, é seu filho - eu a olhei
Clara: vocês não me entendem, ou fingem não entender - comecei a chorar - eu não vou ter esse filho
Gabi: amiga, conta pro Júnior - disse mais calma
Clara: não, eu não vou contar, eu não quero falar com ele, eu não posso - coloquei a mão no rosto
Luana: olha, eu não conheço ele pessoalmente, mas eu acho que ele ia te apoiar
Clara: EU NÃO VOU CONTAR PRA ELE!
Gabi: você vai se arrepender, escuta o que eu tô te falando
Clara: eu não vou me arrepender
Gabi: você vai se arrepender!
Flash Back off

Luana: não chora vai, desculpa, eu não devia ter lembrado disso - eu sequei meu rosto
Clara: tá tudo bem - sorri de canto - eu só acho que, a Gabi tava certa - ela assentiu - mas já é tarde né
Luana: desculpa
Clara: você não tem culpa, tá tudo bem - sorri de novo. Conversamos por mais um tempo e acabamos dormindo. [...] Acordei por falta de sono, olhei no relógio e eram 2h34 da manhã. Levantei da cama devagar pra não acordar a Collins e fui até a cozinha. Tomei um copo de água e fiquei pensando no Júnior. Me odiando, mas pensando nele. E no que aconteceu "hoje".
Voltei pro quarto, me deitei na cama e como estava sem sono, peguei meu celular e entrei no insta, já que não havia mensagens no whats. Curti algumas fotos e vi que tinha o número 1 na direct, então entrei na mesma e senti meu coração acelerar quando li "neymarjr quer te enviar uma mensagem" e o "aceitar" e "recusar" embaixo. Aquilo aparece porque eu não sigo ele e nem ele me segue, óbvio. Fiquei pensando no que fazer e aceitei. Abri a mensagem e lá tinha um simples "oi", que me fez até suar frio.
A gente não se fala a praticamente dez meses e do nada ele vem me procurar e me manda um oi, tipo, pra que? por que?
Resolvi deixar quieto, bloqueei a tela do celular, coloquei o mesmo em cima do criado mudo e me cobri. Me virava de um lado pro outro e não conseguia dormir. Olhei pro meu celular e parecia que ele chamava por mim. Não aguentei e o peguei, desbloqueei e entrei no insta novamente. Num ato de puro impulso, acabei respondendo
Oi
ia bloquear a tela novamente, quando ele responde em alguns segundos e meu coração volta a acelerar
Achei que não ia me responder
Não deveria mesmo

O que você quer?
Pra que falar assim?
Sério que tá me perguntando isso?
Eu ainda sinto sua falta
Neymar
Calma, deixa eu falar

Se não quiser responder depois ok

Mas me deixa falar
Não respondi e saí do instagram. Estava com medo do que ele ia escrever e estava com um nó enorme na garganta. Porque tudo tem que voltar? porque?
Senti meu celular vibrar e olhei na barra de notificação um texto pequeno dele na direct, mas ainda não abri; vibrou de novo. E de novo e aí eu voltei lá
Eu sei que você deve estar 
me odiando. Sei também que 
acha que eu segui minha vida
e nem me importei com você.
Mas eu me importei sim e 
sofri também. Eu tô com a Bruna
mas eu nunca deixei de pensar
em você. Eu não te traí com ela
e ela também não tem culpa de nd

Eu fui atrás de você, ia te contar td,
fui no seu apartamento, mas vc tinha
ido embora já. Sua mãe deve ter te
contado sobre isso. Eu ia te explicar 
td. Eu tinha um motivo, juro que tinha.
E eu ia te contar, mas você já tinha ido...

Sei que você sofreu muito com tudo que
eu fiz, sei que te machuquei, mas eu não
queria, eu te juro que não queria. Eu 
preciso te contar tudo Clara, eu preciso!
Você pode não acreditar mais em mim,
pode me odiar pro resto da sua vida, 
mas eu preciso te contar. Eu te amo
e não consigo dormir lembrando do
que aconteceu hoje. Por favor, me
deixa te contar tudo
Eu estava me derretendo em lágrimas e nem sabia o por que. Eu não quero mais saber dele, não quero saber do que aconteceu e nem sobre como está a vida dele, mas o meu coração ainda sente.
Eu não quero saber de nada!

Para de querer se justificar,
já passou, eu não preciso saber

E para de me mandar mensagem 
também. Eu não quero falar com vc

Clara, você sabe que eu te amo. Você
sabe!

Eu sei que vc tá chateada, guarda mágoa,
mas não finge que não se importa. Hoje 
eu vi como vc ficou e eu queria que vc
pudesse ver como eu fiquei também.
Sei que não ficou feliz como eu, mas 
sentiu o mesmo que eu. Queria que vc
pudesse sentir meu coração naquele 
momento e aí vc iria acreditar em mim.

Mas você sabe que eu te amo, eu sei
que sabe!

Quando você puder e quiser conversar
comigo numa boa, pode me chamar.
Eu vou até vc, eu te ligo, eu largo td,
mas eu vou. 
Me desculpa por tudo

Eu amo você!
Não respondi mais, saí do insta, bloqueei a tela do meu celular e fiquei pensando em tudo isso. No quanto ele consegue mexer comigo mesmo depois de tanto tempo. Mas eu não posso me deixar levar pelo coração, ele me magoou muito, me feriu e não é fácil perdoar. 
Continuei ali brigando com meus pensamentos e depois de alguns longos minutos, consegui dormir.

Júnior on
Depois de sair pra jantar com os meninos, a Bruna e a Bianca, fomos pra casa e como estávamos todos cansados, resolvemos já ir dormir. Subi com a Bruna, entramos no quarto e eu já fui tomar meu banho. Demorei quase meia hora ali dentro, tentando parar de pensar na Clara, mas tá impossível de fazer isso desde a hora em que eu a vi. Depois do banho, vesti uma bermuda ali no banheiro mesmo e saí
Bruna: queria entender por que você toma um banho de perfume antes de dormir - disse rindo depois passar por mim e me dar um selinho
Júnior: não consigo dormir sem perfume - ri fraco e a vi entrando no banheiro - ê Neymar - disse baixo, me jogando na cama. Fiquei olhando pro teto e ainda pensando na Clara. É verdade que antes de começar algo com a Bruna eu encenei um ódio exagerado da Clara, só pra poder justificar minha atitude, mas a verdade é que eu a amo e todo mundo sabe. As vezes fico imaginando como estaríamos hoje se nada daquilo tivesse acontecido a quase um ano atrás
Bruna: hein amor? - disse me tirando dessa viagem nos meus pensamentos
Júnior: oi - a olhei
Bruna: tá viajando aí? - sorriu e sentou do meu lado
Júnior: não, tava pensando na viagem pra África - sorri
Bruna: tô tão ansiosa - sorriu também
Júnior: somos dois - conversamos mais sobre a viagem e depois ela acabou dormindo abraçada a mim. Ficou se passando mil coisas na minha cabeça e num ato aleatório do meu corpo em parceria com meu coração, peguei meu celular, entrei no instagram e mandei uma direct pra Clara no novo perfil dela. Claro que sem expectativa nenhuma dela me responder, mas não custava tentar, apesar de já estar passando das 2h da manhã. 
Mandei um oi e não conseguia largar o celular, até que o senti vibrar e quando vi a notificação quase não acreditei. Mas essa minha esperança não durou muito, porque ela mesmo me respondendo, me ignorou em tudo. Consegui dizer o que eu queria e sentia. Não tudo, mas boa parte. Mas ela agiu de uma forma fria e depois não respondeu mais, mas eu sei que ela não está tão indiferente assim olhando pro celular. Quando apareceu que ela tinha visualizado as ultimas mensagens, percebi que ela já não responderia mais, então saí do instagram, bloqueei a tela do celular e tentei dormir, apesar de ser impossível depois de um ato desses
Júnior off

Segunda-feira, 12 de Junho de 2017 
Hoje é o dia que o Hogue vai pra Itália e eu provavelmente não o verei mais tão cedo. Dormi ontem aqui na casa dele pra nos despedirmos de uma forma especial e conseguimos haha. Como ele ainda dormia, tirei uma foto nossa de um jeito que eu sempre fazia quando dormíamos juntos. Já ficou estranho falar sobre nós dois no passado, mas faz parte né, não posso impedí-lo. 
Levantei da cama com cuidado pra não acordá-lo e fui pro banheiro. Fiz minhas higienes, tomei um banho rápido, saí, me vesti ali no quarto, arrumei minhas coisas e como ele ainda dormia, resolvi postar a foto
mcfbertolli: Não gosto nada da ideia de saber que essa é nossa ultima foto assim, do nosso jeitinho. Eu odeio despedidas e tô odiando MUITO ter que me despedir de você. Ainda mais hoje! Mas eu não quero que seja um momento triste, porque isso é pra sua felicidade e se isso vai te fazer feliz, eu vou fazer de tudo pra ficar também. Estou te olhando dormir e pensando no quanto Deus capricha quando a gente precisa de algo ou alguém. Ele fez tudo certinho pra que a gente se encontrasse e isso aconteceu no momento em que eu mais precisei. Obrigada por estar lá, por estar comigo, por me dar força e por me apoiar em um momento super difícil. Mesmo "ficando do lado de fora" como você me disse lá no início. 
Tudo que passamos juntos você pode ter certeza de que eu vou guardar pra sempre! E eu nunca vou esquecer de tudo o que fez por mim e por nós. Hogue, você foi a melhor coisa que podia ter acontecido nessa minha viagem. Obrigada por esses meses maravilhosos. Boa sorte nessa nova fase da sua vida. Vê se não esquece de mim, por favor.
Feliz dia dos namorados!
I love you @official_hogue ❤️
lucollins: "você foi a melhor coisa que podia ter acontecido nessa minha viagem" OBRIGADA MARIA! Mas ainda amo esse casal
hogue_charlotte: You are wonderful and I am in love with you. Thank you for making my son so happy. 
rafaella: como assim? você já tá voltando? DIZ QUE SIM!
mcfbertolli: hahahaha amigaa, ele sabe que é depois de você! @lucollins
mcfbertolli: não preta, ele vai morar na Itália agora :( @rafaella
mcbertolli: I thank you for accepting and receiving me so well. Your son is wonderful! @hogue_charlotte
official_hogue: Como eu te amo! Você é uma pessoa maravilhosa, que apareceu na minha vida quando eu menos esperava, mas Deus sabia que eu precisava. Você sabe o quanto é importante pra mim e o quanto me fez feliz. Eu é que tenho que te agradecer por tudo, principalmente por ter me colocado do lado de dentro (é bem melhor do que fora). Eu nunca vou te esquecer e sempre vou estar contigo, mesmo de longe. Obrigado! A despedida é a pior parte disso tudo, mas as lembranças são as melhores. Feliz dia dos namorados, eu amo você! ❤️
Parei de ver os comentários e olhei pro Christian, que estava sentado na cama me olhando
Clara: acorda e nem fala nada - ele riu e eu o selei
Christian: tava te vendo escrever aí - eu sorri e ele ficou me olhando
Clara: o que foi?
Christian: então ainda somos namorados? - sorriu
Clara: claro, até essa aliança aqui - levantei a mão e apontei pro meu dedo - sair do meu dedo e a gente se despedir naquele aeroporto, ainda somos namorados
Christian: adorei a ideia - riu e me deu um beijo rápido - ainda somos Chrisma - rimos e eu o abracei
Clara: sempre vamos ser - sorri - vou sentir sua falta - beijei seu ombro
Christian: e eu mais ainda - retribuiu o carinho - agora - desfez o abraço - vou tomar meu banho pra gente tomar café e ir pro aeroporto - me selou e levantou da cama, entrando no banheiro. Fiquei pensando em como vai ser sem ele. Me apeguei demais ao Hogue e consegui encontrar nele um porto tão seguro que só de pensar em continuar aqui sem ele, me sinto desprotegida de tudo. Demorou um pouco pra esse sentimento aflorar, mas eu amo ele. Claro que não da mesma forma que amei (amo) o Júnior (isso nem é possível), mas eu amo e amo muito!
Por falar em Júnior, ontem ele me mandou direct de novo, mas eu preferi não ver, não posso continuar fazendo isso comigo.
[...] 
Depois de tomarmos o café da manhã, eu o Christian, Brian e a Charlotte (Olivia já tinha ido trabalhar), fomos pro aeroporto e a Luana iria direto da casa dos pais dela. [...] Chegamos no aeroporto e a Charlotte já se despediu do Chris, pois tinha uma reunião e não poderia se atrasar. Ela se despediu de nós também e se foi.
Luana: chegou nossa vez agora né - riu fraco
Christian: não se faça de triste porque sei que é a mais feliz com isso tudo - riu
Luana: para de besteira, sabe que eu te adoro e vou sentir falta de ver meu casal junto - eles se abraçaram e eu ri - vai com Deus viu, obrigada por ter sido tão legal com a gente, nem tanto comigo, mas foi demais com a Clara - rimos - boa sorte
Christian: obrigado, Collins! eu que agradeço por vocês terem me deixado fazer parte das suas vidas enquanto estiveram aqui - desfizeram o abraço e ele deu um beijo na bochecha dela, eu sorri - brother - olhou pro Brian e abriu os braços, recebendo o abraço dele em seguida
Brian: i'll miss you brother. Good luck there and do not forget you have to come to my wedding, you're godfather! Do you want to come and visit us when you can 
Christian: thank you brother and you can let me find a way to come - sorriu - i'll miss you too, but i come whenever i can - apertou mais o abraço - take care of her while you're here - "cuida dela enquanto estiver aqui" eu sorri e eles desfizeram o abraço
Clara: minha vez né - ele me olhou e sorrimos - Hogue - o abracei já com lágrimas nos olhos - eu já tô com saudade de você - senti ele sorrindo no meu pescoço - obrigada por tudo, por ser quem você é, por ter sido paciente e por ter me feito tão bem durante esse tempo e por não ter desistido de mim, mesmo com tudo o que aconteceu - ele me apertou mais forte - você sabe que eu nunca vou esquecer de você e que eu te amo muito - dei um beijo no pescoço dele - boa sorte lá
Christian: eu é que tenho que te agradecer por tudo, obrigado por ser essa pessoa especial e maravilhosa, por dentro e por fora. E eu também nunca vou te esquecer, pode ter certeza disso, eu amo você e saiba que você é uma das pessoas mais importantes da minha vida - desfizemos o abraço - fica bem - me olhou, eu segurei seu rosto e o beijei calmamente, encerrando com um selinho demorado
Clara: você também - sorrimos
Christian: e, isso aqui - disse enquanto tirava algo do bolso - é pra você poder colocar sua aliança - me entregou uma correntinha dourada e estendeu sua mão - posso? - eu assenti, dei a mão direita a ele, ele tirou a aliança e a colocou na correntinha sorrindo, me virei e ele a colocou no meu pescoço
Clara: obrigada - sorri e ouvi o voo dele ser chamado
Christian: tá na minha hora - deu mais um abraço no Brian, um beijo na Lu e me abraçou de novo - é hora de voltar
Clara: oi?
Christian: ele te ama - desfez o abraço e me deu um beijo na testa
Clara: como assim?
Christian: eu vi seu instagram hoje de manhã - sorriu de canto
Clara: não, não é - ele me interrompeu
Christian: tá tudo bem - foi indo em direção ao portão de embarque - você me deixou entrar - deu um sorriso lindo e eu apenas retribuí. Como ele pode ser tão maravilhoso? Deus me ama demais, porque eu sei que não merecia tanto :)
[...]
Depois de, infelizmente nos despedirmos do Hogue, fomos eu, Luana e Brian almoçar em um daqueles restaurantes próximos a Venice Beach. Fizemos o pedido e o Brian pediu pro garçom tirar uma foto nossa. Ele tirou, entregou o celular pro Brian, que mexeu no celular e logo senti o meu vibrar com a notificação, então abri
brian.hogue: Depois da despedida, hora do almoço com as brazucas! Hey brother @official_hogue, i'm taking care hahahaha @lucollins @mcfbertolli
Nem olhei os comentários porque nosso almoço havia acabado de chegar. Almoçamos em meio a algumas risadas por conta das lembranças do Brian de alguns dos momentos de quando chegamos aqui em LA.
[...]
Fui com a Lu pro hotel depois de nos despedirmos do Brian e eu decidi que daqui a três dias vou voltar pro Brasil. Acho que já deu dessa aventura meio louca né?! Falei com a Lu e ela disse que ainda ia ficar mais um pouco, já que o aniversário da mãe dela é no fim do mês. 
Peguei meu celular e liguei pro Gui, que pelo que eu fiquei sabendo, já está aqui em Los Angeles com a Dani também 
Inicio
Gui: vai cair uma tempestade, você tá me ligando - eu ri
Clara: tô morrendo de saudade de você
Gui: porra, eu também, como você tá?
Clara: eu tô bem e você, Dani, Bê, como estão?
Gui: pô, estamos bem e com saudades né mano, você não volta nunca
Clara: não volta nada, já tô sabendo que vocês estão por aqui também - pude ouvir a voz da Dani no fundo
Dani: Clarinha, quero te ver - disse alto e eu ri
Gui: ouviu?
Clara: ouvi - ri - diz que vamos nos ver sim
Gui: aguardo por esse momento - rimos - saudade de te ver causando
Clara: saudade mas tá aí com a atriz e nem me avisou que viria - ele gargalhou
Gui: sabe que sol mil vezes mais você
Dani: EU TAMBÉM, TÔ AQUI SÓ PELO JÚNIOR - eu ri
Clara: amo vocês - rimos - mas enfim, quando vocês vão voltar pro Brasil?
Gui: quinta-feira a gente já tá voltando
Clara: partiu então
Gui: o que?
Clara: é hora de voltar - disse igual ao Hogue e sorri
Gui: caralho, não acredito - disse todo feliz e eu ri. Continuamos conversando por mais uns 10 minutos e depois de combinarmos de nos ver amanhã, nos despedimos.
A Lu me ajudou a fazer minhas malas e então ficamos de boa assistindo filme e curtindo nosso dia bad dos namorados hahaha.

Júnior on
Saímos todos de casa pra ir ao resort curtir o dia dos namorados (menos o Gil, que brigou com a Gabi porque ela não quis vir). Chegamos lá e eu fui pegar umas bebidas com o Guilherme
Gui: falei com a Clarinha hoje - eu o olhei
Júnior: legal
Gui: para de se fazer de indiferente, todo mundo sabe que você tá louco pra ir atrás dela
Júnior: não viaja Guilherme, eu tô com a Bruna - ele riu - falou o que com ela - ele deu uma gargalhada alta e eu me segurei pra não rir também. Eu sou uma piada!
Gui: disse que volta pro Brasil na quinta também - fui tirar foto com um pessoal que pediu
Júnior: sério? - disse quando voltei pra perto dele
Gui: é, vai voltar comigo e com a Dani
Júnior: com o Gil também né, porque a Gabi não vai pra África também
Gui: é, exatamente - pegamos as bebidas lá - você vai falar com ela? - me olhou e eu o olhei também, mas fiquei em silêncio - Juninho, mesmo que você não fale pra gente, tá na hora de falar pra ela o porque de tudo isso
Júnior: e você acha que eu já não tentei? ela não quer saber de mim não
Gui: com toda razão né - eu respirei fundo e chegamos onde os casais estavam.
Bianca: agora sim a coisa vai ficar boa - eles riram e eu só conseguia pensar em como conseguir fazer a Clara me ouvir.
Júnior off




Mais um cap pra vocês!!
Espero que estejam gostando, porque logo logo todas as duvidas de vocês serão tiradas. Algumas de vocês já sacaram o rumo que isso vai levar. Mas aguardem os detalhes do próximo capítulo!
Esse final de semana ainda posto no blog da Dani, já que tem bastante gente cobrando!
Beijos e obrigada pelos comentários!




domingo, 26 de novembro de 2017

Capítulo 65 - Olha aí, o mundo girando e a gente se esbarrando outra vez

"Paixão antiga sempre mexe com a gente, é tão difícil esquecer.
Basta um encontro por acaso e pronto, começa tudo outra vez. 
E vendo você, o coração parece que vai saltar
pelo meu corpo, saudade em todo lugar..."  
Tim Maia - Paixão Antiga




Júnior on
Acabou meu treino e me despedi do Rafinha, entrando no carro do Dani logo depois. Fomos o caminho até a minha casa cantando e conversando, ele me deixou no meu portão, me despedi dele, que foi embora e eu entrei em casa. Dei um beijo na Rafa que estava na sala, fui na cozinha dar um beijo na Ma e depois subi pro meu quarto. Tomei um banho demorado, me vesti, peguei meu celular e deitei na cama. Respondi algumas mensagens no whats e depois entrei no insta, curti algumas fotos, comentei na dos meninos e resolvi dar uma olhada no perfil daquela amiga da Clara. Vi na galeria o print que eu tinha tirado pra saber o nome dela e depois fui procurar o perfil; achei e se eu pudesse voltar 10 minutos no tempo, eu jamais teria feito isso. A ultima foto era da Clara com aquele cara, mas não era uma foto qualquer, era uma foto deles se beijando
lucollins: "Vamos, vai ser legal" não fui a lugar algum, mas sou vela mesmo assim hahaha. meu cassalzinho @mcfbertolli @official_hogue #ChrisMa❤️ 
Aquilo acabou comigo e eu queria quebrar alguma coisa, então peguei a jarra de água que fica no meu criado mudo e joguei na parede. Como era de vidro, ela se espatifou no chão e logo a Rafaella entrou ali
Rafa: que barulho foi esse? - olhou pra mim e depois olhou pro chão - você tá ficando louco, Júnior? - fechou a porta e eu joguei meu celular na cama
Júnior: tô, tô louco, tô louco pra sumir daqui
Rafa: o que aconteceu?
Júnior: tu viu aquela porra daquela foto?
Rafa: que foto? que a Clara postou?
Júnior: ah - ri de nervoso - ela postou também?
Rafa: ai, nem tem nada de mais na foto, para de besteira - revirou os olhos - pera, de que foto você tá falando? - eu peguei meu celular, o desbloqueei e como já estava aberto na foto, só entreguei pra ela - não acredito que ela tá mesmo pegando ele - riu e me entregou o celular, eu fiquei a olhando - o que foi?
Júnior: como o que foi? olha essa bosta, o que ela tá fazendo com esse cara?
Rafa: melhor com ele do que com o Pedro né, igual você com a Bruna - sorriu sínica
Júnior: não fala o nome desse cara Rafaella! - falei mais alto - e eu não tenho nada com a Bruna, já disse!
Rafa: é, realmente, sou eu que tenho - eu bufei - olha, eu não te entendo, faz a merda e depois quer ficar putinho porque a Clara tá seguindo a vida dela do mesmo jeito que você seguiu - levantou da cama e foi saindo
Júnior: EU NÃO SEGUI - ela bateu a porta - eu não segui - dei um soco na cama
Júnior off




"Reencontrar significa encontrar novamente, 
em outro momento. 
Outro momento significa que o que foi antes, 
já não o é mais. 
Não necessariamente, ao menos."


Sábado, 10 de Junho de 2017
É, o tempo passou... 8 meses se passaram, para ser mais exata. As coisas mudaram, minha vida mudou. Eu mudei. Pois é, estou morena. Entrei numa nova fase da vida e achei que eu deveria mudar pra deixar tudo pra trás. Emagreci bastante também, mas não por que eu quis, mas sim porque foi uma consequência de tudo o que aconteceu.
Nesse tempo aqui em Los Angeles (sim, eu ainda estou aqui) eu pude transformar minha amizade com a Lu em algo eterno, quero ela na minha vida pra sempre, está decidido!
Recebi visitas nesses oito meses. Vi minha mãe, o Thiago, a Gabi, a Rafa e até o Rafinha, que conseguiu um tempinho entre os treinos e os jogos só pra vir me ver, fez um bate e volta. Meu pai não conseguiu vir porque está na correria com o trabalho e cuidando da academia.
Eu disse que minha vida havia mudado né, pois é, logo vocês vão saber o por que. 
Ainda estou com o Hogue. Agora é um namoro de verdade mesmo... agora não, a sete meses! Estou muito feliz com ele e consigo não pensar mais nas coisas ruins que aconteceram comigo antes dele aparecer, mas só antes dele aparecer.
Vocês devem estar se perguntando o que estou fazendo aqui ainda, se já se passaram nove meses no total né?! Bom, estou aqui basicamente pela minha amizade com a Lu e pelo meu relacionamento com o Hogue. Ela queria me apresentar pra família dela, de Miami, lembram? então. Os pais quiseram que ela passasse um tempo com eles e ela me pediu pra ficar também e como não aceitei ficar na casa deles, passei a morar no Su Casa Venice Beach, simples, mas aconchegante, é um prédio que é como se fosse hotel, mas ao invés de quartos, são pequenos apartamentos. A Luana quase me matou por isso, mas eu gosto da minha privacidade e não abro mão dela. Passei o Natal e a virada de ano aqui e me dividi entre a casa do Hogue e da Lu, já que ambos me queriam com suas famílias.

Acordei no sábado por volta das 10h e fiz tudo o que eu tinha que fazer, desde minhas higienes, ao papel de boa namorada que deseja bom dia ao acordar e boa sorte antes de reuniões de trabalho. Por volta das 15h recebi uma ligação da Luana
Início
Clara: oi - disse enquanto abria um pote de sorvete
Luana: Maria, você vai sair com o Hogue hoje?
Clara: não, Collins, ele tem uma reunião hoje, por que?
Luana: vamos pra um barzinho, por favor - praticamente implorou e eu ri
Clara: quanta necessidade garota
Luana: vamos?
Clara: vamos Luana, vamos - ela comemorou - mas onde?
Luana: no The Brig
Clara: aham, claro, pode deixar, sei onde é sim - fui irônica e ela riu
Luana: fica a dez minutos do calçadão da Venice Beach, eu te explico direito depois
Clara: tá, mas que horas?
Luana: a gente se encontra lá as cinco, pode ser?
Clara: sim senhora
Luana: combinado então, vai se arrumar, beijo, tchau
Pois é, ela desligou na minha cara, cretina!
Terminei de tomar meu sorvete, tomei uma água e fui tomar meu banho pra começar a me arrumar [...] Depois de pronta, mandei mensagem pra Luana e ela disse que já estava quase chegando lá, olhei no relógio e era 16h49, parece que vou me atrasar hehe. Peguei minhas coisas e saí de casa, como ela disse que era perto, resolvi ir andando mesmo.

Júnior on
Depois que terminou a temporada 16/17, tive férias e dei graças a Deus por isso, não tava aguentando mais. Vim viajar com os meninos, mais especificamente nos Estados Unidos. Hoje estamos em Los Angeles. A Bruna chegou a três dias, sim, de tanto que falaram, acabei pedindo ela em namoro. A Gabi não quis vir por conta da presença dela, mas eu vou fazer o que né?! Pedi desculpa pro Gil por isso, mas segue o baile. Estávamos no quarto da casa que eu aluguei aqui e a Bruna saiu do banho toda arrumada
Júnior: oxi, vai onde? - ri e ela sorriu
Bruna: nós vamos né, amor - me puxou pela mão, me fazendo levantar
Júnior: vamos? onde? - a olhei e recebi um selinho
Bruna: quero ir numas butiques que ficam perto daqui, vamos, por favor, depois a gente pode ir em algum restaurante ou barzinho, por favor, amor - fez um draminha e eu dei um beijo rápido nela
Júnior: vamos - sorri e ela comemorou - vou me trocar - a selei e entrei no closet [...] Depois de me trocar, entrei no banheiro, arrumei meu cabelo, passei um perfume, saí do banheiro e ela estava sentada na cama, mexendo no celular
Bruna: pronto? - sorriu
Júnior: pronto - retribui e peguei meu celular, vendo a hora - já são 16h20, essas butiques fecham que horas?
Bruna: ah, não sei, devem fechar lá pra umas sete horas - fomos saindo do quarto
Júnior: é muito longe daqui?
Bruna: eu acho que não - disse enquanto descíamos a escada - mas vamos de carro porque andando dá uma boa caminhada - eu assenti e peguei a chave do carro, que estava pendurada ali perto da entrada pra cozinha. Saímos no jardim e o Gil, Cris e o Jota estavam ali com o Jaca
Júnior: vou dar uma volta com a Bruna, quando a gente voltar, bora comer fora
Cris: ficaria agradecido, mas a gente tem que voltar cedo, porque amanhã vou buscar a Bi no aeroporto
Júnior: beleza - olhei pro Gil - a Gabi vem?
Gil: nem se eu implorar - vi que a Bruna riu sem graça, é óbvio que sabe que é por causa dela, mesmo não tendo culpa de nada
Cris: mas o Gui vem com a Dani, só não sei se junto com a Bi
Júnior: beleza, depois a gente vê isso então
Jaca: quer que eu leve vocês? - eu encarei a Bruna
Bruna: acho que não precisa né - me olhou
Júnior: não sei, tu que conhece aqui, tô por você - rimos
Bruna: não, não precisa não, Jaca - sorriu
Jaca: tranquilo então
Júnior: falou aí pra vocês - acenei pra eles e fomos pra garagem. Entramos no carro, colocamos o cinto e eu dei partida.
[...]
Deixei o carro em um estacionamento e fui andar pela tal Abbot Kinney Boulevard com a Bruna, atrás das benditas butiques que ela tanto queria ver. 
Júnior: Bru, pelo amor de Deus, para em alguma, eu preciso sentar - ela riu
Bruna: você é jogador e não aguenta andar, amor? - eu a olhei e ri - para de ser preguiçoso vai
Júnior: você não queria comprar as coisas pra sua cachorrinha? a gente passou pela loja ali ó - apontei pra trás olhando na direção e ela fez o mesmo, até que senti alguém esbarrando em mim - ei - olhei e era uma moça morena, pegando o celular no chão
xxxx: ai, descul - me olhou e, não, não pode ser, era a Clara! Ela estava linda e, morena! Meu Deus! O meu coração parecia que ia sair de mim e abraçar ela. Que saudade!
Júnior: Clara?!
Clara: o-oi Neymar, oi Bruna, é, tchau - saiu rápido dali e eu a acompanhei com os olhos
Bruna: amor, vamos? - disse me tirando de um completo transe
Júnior: ãn? vamos, vamos, você não vai lá? - apontei na direção da loja, que era a mesma em que a Clara tinha ido
Bruna: não, vamos em outra - foi me puxando pela mão, que estava entrelaçada a dela - ela tá diferente né?! - me olhou
Júnior: quem? - me fiz de desentendido
Bruna: a Clara né, mudou
Júnior: é - tá ainda mais linda
Bruna: tá tudo bem? - eu a olhei
Júnior: tá, por que?
Bruna: não sei, fazia tempo que você não via ela né
Júnior: tá tudo bem, relaxa - dei um selinho nela, pra tentar tranquilizá-la. Óbvio que não estava tudo bem, eu tinha acabado de encontrar a Clara (ou de ser trombado pela mesma) depois de quase dez meses sem nem ouvir a voz dela. Como pode estar tudo bem se eu nem ao menos esperava ver ela por aqui?
Bruna: vamos então - sorriu e continuamos nosso passeio
Júnior off

Andei por mais de dez minutos e cheguei na tal Abbot Kinney Boulevard, onde fica o The Brigs, mas quem disse que eu achava o bendito? peguei meu celular e liguei pra Lu, ela logo atendeu
Início
Luana: eu deveria fazer como o Brian e marcar com meia hora de antecedência, já são cinco e vinte, Maria! - eu ri
Clara: calma, garota, eu me perdi - ela riu - é sério
Luana: onde você tá?
Clara: na Abbot Kinney já, tô em frente a uma papelaria
Luana: tá, olha pro outro lado da rua, mais a frente - eu procurei - tem um prédinho azul? - olhei e achei  
Clara: sim, tô vendo
Luana: é aqui, só você ir mais pra frente e atravessar no farol
Clara: tá - fui andando rápido - tá bom, tchau - desliguei olhando pro prédio quando de repente sinto meu corpo bater em algo, ou em alguém, mais precisamente e vejo meu celular indo direto pro chão, merda! Peguei o celular e levantei pedindo desculpa - ai descul 
xxxx: Clara?! - epa! quando olhei pra pessoa eu juro que quase caí dura no chão. Era o Júnior. O Júnior, sim, o Neymar. O Neymar, em Los Angeles. Na minha frente... e de mãos dadas com a Bruna! - o-oi Neymar, oi Bruna, é, tchau - nem esperei eles responderem e saí dali o mais rápido possível. Como assim? O que ele tá fazendo aqui? 
Fui andando até a faixa de pedestres, atravessei e fui até o The Brig, entrei no mesmo e vi a Luana sentada no balcão
Luana: pensei que você tinha voltado pro hotel - riu e ficou me olhando - o que aconteceu? você tá pálida - eu me sentei ao seu lado ainda calada - Maria, você tá bem?
Clara: eu vi ele
Luana: oi
Clara: eu vi ele
Luana: ele quem menina, tá doida?
Clara: o Neymar, eu acabei de ver o Neymar - ela me olhou chocada
Luana: o Neymar?
Clara: é, o Neymar, o Neymar e a Bruna. De mãos dadas andando por Los Angeles - ela ficou me olhando - você já sabia sobre os dois né
Luana: amiga, só não sabe sobre eles quem não quer né - eu fiquei uns segundos em silêncio e pedi uma garrafinha de água pro rapaz ali - como você se sentiu?
Clara: não sei, eu me assustei
Luana: se assustou?
Clara: é, me assustei, eu não esperava!
Luana: não esperava ver ele ou não esperava ver ele com a Marquezine?
Clara: não esperava ver ele e muito menos com ela... meu coração parece que apertou. Eu não senti nada, só meu coração apertando 
Luana: ela não te provocou não?
Clara: não, ela nem falou nada, foi como eu falei pra Gabi aquela vez, a Bruna não tem culpa, hoje eu tive certeza disso, ela não me olhou como quem queria esfregar na minha cara que estava com ele, sabe?! - ela assentiu - enfim - dei um gole na minha água - vamos mudar de assunto, por favor
Luana: você que manda - eu ri - vamos sentar na mesa - eu assenti, peguei minha garrafinha e meu copo e nos sentamos em uma mesa

Júnior on
Depois desse passei com uma grande surpresa, voltamos pra casa com tudo o que a Bruna queria comprar. Entramos e ela já subiu direto pro quarto, pra guardar as coisas. Fui lá no jardim e o Gil estava sozinho
Júnior: ô Gil - ele me olhou e me sentei ao seu lado - a Clara tá aqui? - ele ficou me olhando calado - fala Gil!
Gil: sei lá, Juninho, eu nem falei com ela
Júnior: eu vi ela - ele me olhou
Gil: é o que?
Júnior: é, eu vi ela - ele coçou a cabeça - você e mais quem além da Gabi sabia que ela estava aqui? - ele continuou me olhando - fala Gil!
Gil: tua mãe, a Rafa, o Gu e o Gui - eu fiquei em silêncio olhando pra um ponto fixo - onde tu viu ela?
Júnior: numa rua lá perto da praia - respirei fundo
Gil: como foi?
Júnior: foi estranho e bom ao mesmo tempo - nós ficamos um tempo em silêncio - ela tá linda - ele me olhou e eu contei como foi
Gil: ficou gata morena né?! - sorriu de canto
Júnior: você já sabia? - ele assentiu - só eu não sabia né - ri
Gil: foi pedido dela, irmão, era a vida dela
Júnior: eu sei, se ela quisesse que eu ficasse sabendo algo sobre ela, não teria feito outro perfil e e privado ele - me encostei no sofá
Gil: ela faz falta né - me olhou e eu o encarei
Júnior: demais - sorri de canto
Bruna: quem faz falta? - chegou ali sorrindo e sentou no meu colo, eu olhei pro Gil
Gil: a Rafa, ela devia ter vindo - é pra isso que servem os amigos!
Bruna: é verdade, eu falei pra ela vir, mas ela disse que iria sair com a Adenacia 
Júnior: é
Júnior off

Saímos do barzinho por volta das 20h e fomos pro hotel, pedi pra Lu dormir lá comigo hoje. Chegamos e nos jogamos no sofá
Clara: que dia!
Luana: amiga? - a olhei e ela estava olhando pro celular 
Clara: oi
Luana: você ainda ama ele?
Clara: por que você tá perguntando isso?
Luana: olha o stories dele no insta - me entregou o celular rindo. Toquei na foto dele lá e vi a foto dele com os meninos, depois uma com a Bruna (passei rápido) e um vídeo dele, esperei carregar e ativei o som. Era ele cantando e, sei lá, eu quis sorrir, mas me contive. O que ele estava cantando? Nocaute, do Jorge e Matheus, mais precisamente a parte "Recaí quando te vi e a paixão veio a tona, fui a nocaute, beijei a lona, o meu corpo tremeu. O tempo passou, a vida mudou, mas eu continuo seu". Devolvi o celular pra Luana
Clara: para de ser louca, você não acha que isso é pra mim né?! - liguei a tv
Luana: muito normal vocês se esbarrarem na rua e horas depois ele postar isso né, para de fugir, Maria!
Clara: eu não tô fugindo de nada! - meu celular começou a tocar, olhei na tela e era o Hogue, logo atendi
Início
Clara: oi my love - ele riu porque sempre misturo o inglês com português
Christian: hi, mi dear - eu sorri - tá no hotel?
Clara: sim senhor, tô com a Lu
Christian: posso passar aí?
Clara: que pergunta, Hogue! claro que pode - ele riu - vai demorar?
Christian: na verdade eu já estou aqui embaixo - riu de novo
Clara: você e suas surpresas - ri também - sobe
Christian: tô subindo, beijo
Clara: beijo
Fim
Luana: ele tá aí? - eu assenti - nem aqui eu escapo de ser vela - revirou os olhos e eu ri
Clara: não vamos ficar nos agarrando, relaxa! - ouvi as batidas na porta e fui abrir a mesma - tava com saudade - sorri e o abracei
Christian: eu tava morrendo de saudade - me deu um beijo rápido ainda abraçado a mim
Clara: entra - desfiz o abraço, dei um selinho nele e me afastei pra ele entrar
Christian: Collins! - riu e eu fechei a porta - tudo bem?
Luana: estava né - ele deu um beijo na bochecha dela e gargalhou me fazendo rir
Clara: sem implicância vocês dois - sentei no sofá e ele sentou do meu lado, colocando uma das mãos na minha perna
Christian: fica tranquila porque você não vai ser mais vela, vai ter descanso de mim - eu o olhei
Clara: como assim?
Luana: vish, tô indo pro teu quarto - pegou seu celular, levantou do sofá e foi pro quarto
Clara: porque vai ter descanso de você? - ele me olhou e se ajeitou no sofá ficando de frente pra mim - Hogue!
Christian: calma - passou a mão no meu rosto - lembra a reunião de hoje? - eu assenti e ele segurou minhas mãos - então, foi com uma agência de moda de Milão - já senti um aperto no peito
Clara: você vai embora? - senti meus olhos arderem
Christian: eles me ofereceram um contrato de dois anos, com moradia, transporte e, eu não podia recusar - algumas lágrimas escorreram pelo meu rosto e ele as secou
Clara: mas e o tempo que íamos passar juntos no Brasil - ele me interrompeu
Christian: a gente vai ter que terminar - eu neguei com a cabeça
Clara: Christian... - o olhei triste e vi que uma lágrima escorreu pelo seu rosto
Christian: vai ser melhor - eu passei a mão em seu rosto - eu só não quero que você me compare com o Pedro ou com o Neymar - eu neguei novamente - mas, vai ser melhor pra você, eu não vou poder estar do seu lado, não vou ter tempo, por mais que seja o que eu mais quero, esse contrato vai ser bom pra minha carreira. E eu não vou te pedir pra me esperar, dois anos é muito tempo - eu assenti
Clara: eu te entendo e não se preocupa com essa ausência, você esteve comigo no momento em que eu mais precisei e isso já basta pra mim - sorri de canto - só não esquece de mim, por favor - ele negou com a cabeça
Christian: nunca! eu não vou te esquecer nunca! - eu o abracei 







Demorou, mas saiu!!
Está aí mais um capítulo pra vocês!!
Sei que devem estar curiosas, mas logo vão saber tudo que querem.
E esse reencontro meio louco dos dois?
O Christian indo embora, eles terminando...
Comentem aí.
Beijos!


domingo, 22 de outubro de 2017

Capítulo 64 - Parabéns mamãe

Júnior on.
Tinha saído do jogo do Barcelona e fui pra casa, já que o pessoal tá lá em casa, inclusive a Dani, Bianca e a Gabi, que só tá aqui porque veio pra casa do Gil ver ele, até porque, se dependesse de estarmos nos falando, ela não estaria aqui. Ainda não consegui conversar com ela sobre tudo.
Cheguei em casa, dei só um oi pra todos eles e subi pro meu quarto, pra tomar um banho decente e comemorar a vitória com eles. Tomei meu banho, me arrumei e quando ia sair do quarto, acabei batendo o olho em uma foto minha com a Clara, que fica aqui na minha cômoda. Tô com uma saudade desgraçada dela, queria tanto poder conversar, contar sobre tudo pra ela.
Dei um beijo na foto e a coloquei em seu lugar novamente.
Desci e o pessoal não estava ali na sala, certamente já tinham ido lá pra fora. Fui pra lá e na porta que dá pra piscina, vi a Dani, Gabi e Bianca ali, olhando alguma coisa no celular 
Bianca: é gato mesmo - se olharam e olharam pro celular, que estava na mão da Dani
Júnior: alá mano - falei pros meninos -  estão vendo foto de macho aqui ó - puxei o celular rindo
Gabi: para de ser idiota, devolve o celular da menina
Júnior: deixa eu ver - continuei rindo - cês vão deixar? - os meninos ficaram me olhando
Dani: Juninho, devolve - eu me afastei um pouco, olhei pro celular e meu sorriso se desfez. Era uma foto da Clara com um cara, parecia que tinham fotografado juntos. Mas, aquele perfil não era o dela ou era, mas era outro, que ela deve ter feito pra eu não saber - devolve, cunhado - veio pro meu lado
Júnior: quem é esse cara? - a olhei e cliquei no perfil do cara. Fiquei puto quando vi a ultima foto que ele tinha postado, que merda era essa?
Bianca: Júnior - eu a olhei - isso é trabalho
Júnior: mano - devolvi pra Dani - que porra de foto é essa meu? - disse nervoso e vi o Gui se aproximando - tu viu essa merda aí? - passei a mão no rosto
Gui: vi Juninho, eu vi
Júnior: mano, pra que isso, cara? pra que?
Gabi: quem não sabe valorizar, perde, já ouviu essa? - deu um sorriso sínico e saiu dali
Júnior: quem é esse cara, Guilherme?
Gui: sei lá mano, parece que é irmão do cara que ajuda ela e a menina lá, ela fotografou pra mãe deles
Júnior: olha aquela foto Guilherme, vai se foder
Gui: ô, supera Juninho
Júnior: supera, supera o caralho mano
Gui: passou, velho, chega, ela não quer nem ver tua cara mais e você aí se revoltando com coisa nada a ver
Júnior: nada a ver pra você né
Gui: chega mano, vamo aproveitar aqui, esquece isso vai - passou o braço pelo meu ombro e foi me levando até os meninos
Jota: alá, ficou nervosinho com aquele fotão - riu
Júnior: vai se foder, Jota! - ele continuou rindo
Jota: fica putinho não, maninho - o Gil gargalhou
Júnior: tudo filho da puta vocês - eles riram
Gustavo: vamo mudar de assunto pra não causar estresse, vai
Jota: vamo - olhou pro Cris - será que depois daquela foto, rolou beijo? - os meninos gargalharam
Júnior: tomar no cu, porra! - joguei uma almofada nele, que riu
Jota: parei Juninho, parei - o olhei e me sentei do lado do Cris. Eles engataram outro assunto lá, mas eu só conseguia pensar naquela porra de foto.
Júnior off.

Terminei de me arrumar pra sair com a Lu, fui pra sala e ouvi meu celular tocando, olhei na tela e era a Gabi
Início
Clara: minha metadee - ela riu
Gabi: tô com saudade cara
Clara: eu também, tô morrendo - fiz bico - onde você tá?
Gabi: tô em Barcelona, acabei de voltar da casa do teu ex - eu ri só de imaginar ela revirando os olhos
Clara: você no mesmo lugar que ele, que evolução - ri
Gabi: ele é um babaca
Clara: tá, mas você não ligou pra falar dele né?!
Gabi: não - ficou um tempo em silêncio - na verdade eu liguei sim, você arrasou postando aquela foto com o boy lá - eu ri sem entender
Clara: mas o que isso tem a ver com o Neymar?
Gabi: o que tem a ver é que ele viu a foto na hora que eu e as meninas estávamos comentando sobre e ficou putoo - riu - eu particularmente adorei - eu ri
Clara: mano, como vocês deixaram ele ver? que vacilo
Gabi: meu, juro que não foi de propósito, ele puxou o celular da Dani pra zoar, achando que a gente estava vendo foto de homem né, aí quando olhou pro celular, o bichinho se transformou, amiga - riu
Clara: não acredito - ri
Gabi: e ele ainda entrou no perfil desse tal de Christian, aí ficou mais puto ainda com aquela foto maravilhosa né - rimos - sério, eu adorei e ainda dei uma cutucadinha - me contou o que disse pra ele
Clara: você não presta meu - ela riu
Gabi: ah, foi bom, amiga, ele tava merecendo um choque, mesmo que você não tenha nada com o cara, ele não precisa saber - eu ri
Clara: tu é foda - rimos. Continuei conversando com ela e depois nos despedimos, já que lá em Barcelona já estava bem tarde.
A Luana apareceu ali arrumada, contei pra ela sobre o que aconteceu e ela riu, dizendo que o Júnior ainda deve ser louco por mim, mas já cortei o assunto nesse ponto mesmo. O Brian avisou que tinha chegado pra nos levar a um Pub e descemos pra curtir a noite em Los Angeles.

Quarta-feira, 26 de outubro de 2016
Nesse tempinho que se passou, algumas coisas mudaram. Eu e a Lu estamos cada vez mais juntas e mais apegadas uma a outra, é óbvio que as vezes tem umas discussões bobas, mas faz parte do convívio. Falo com meus pais e com as meninas (Gabi e Rafa) todos os dias, claro que com o Gui eu falo também, mas não direto, até porque, ele tem a família dele pra cuidar e eu não quero atrapalhar esse momento dele. Bom, a minha vida segue cheia de incertezas né, estou adorando o curso, que a princípio é só na parte teórica e será assim nesses primeiros três meses. O que pega é a vida amorosa, que nem está tão amorosa assim. Ontem o Guilherme me ligou, pelo menos eu pensei que era ele né, mas não
Flashback on.
Tinha acabado de chegar da aula com a Lu, ela tinha ido tomar banho e meu celular tocou. Olhei na tela e era o Gui, então atendi
Início
Clara: oi, meu amor - disse toda animada e ele ficou em silêncio - Guilherme
xxxx: oi - não era o Guilherme
Clara: quem é?
xxxx: não reconhece mais minha voz? - nessa hora eu paralisei e meu coração parecia que ia sair pra fora. Era o Júnior
Clara: cadê o Guilherme? - disse nervosa
Júnior: não desliga, por favor
Clara: o que você quer, Neymar? me deixa em paz!
Júnior: a gente precisa conversar, me fala onde você tá, eu vou até você
Clara: me esquece cara, eu não quero conversar com você, segue tua vida
Júnior: eu preciso te explicar o que aconteceu, por favor, não faz isso com a gente - eu fiquei com uma vontade imensa de chorar. Sabe quando você acha que tudo já acabou, que você vai viver em paz, seguir sua vida, mas aí vem tudo de volta?! - Clara
Clara: eu não quero saber Neymar, a humilhação que você me fez passar não tem explicação, não tem! só me esquece, você vai estar fazendo um bem enorme pra mim. Segue sua vida!
Júnior: você tem certeza?
Clara: a única certeza que eu tenho, é a de que eu não quero falar com você e não sei nem o por que de eu estar nesse celular ainda
Júnior: só não esquece que eu te amo - eu fechei os olhos e fiquei em silêncio, ele também ficou - tchau - quebrou o silêncio e aí a linha caiu
Fim
Flashback off.
Eu juro que eu estava conseguindo esquecer ele, juro! Eu nem pensava mais em Neymar e muito menos no que tinha acontecido entre a gente, mas essa ligação me fez ter um sentimento só. Raiva. Muita raiva! Acho que nunca vou conseguir perdoar tudo o que ele fez, mesmo que realmente tenha um motivo pra tudo isso. Bom, de resto, acho que está tudo indo bem, fora o fato de o Christian estar dando umas investidas em mim né. Não vou dizer que não gosto, até porque, um homem daqueles não é de se jogar fora né, mas conversei com ele, disse pra ir devagar e ele entendeu.
Cheguei do curso com a Luana, ela foi tomar um banho enquanto eu preparava o almoço. Fiz só uma saladinha com filé grelhado, já que estamos em uma dieta séria (que acaba todo final de semana, mas ok). A Lu apareceu ali na cozinha 
Luana: quer tomar seu banho agora? eu espero pra comer
Clara: acho que vou hein - fiquei a olhando
Luana: então vai, falta alguma coisa?
Clara: só olhar o arroz, tá quase pronto
Luana: tá, então vai lá que eu olho
Clara: obrigada amiguinha - ela me olhou e eu ri
Luana: amiguinha - revirou os olhos e eu saí dali rindo. Fui pro meu quarto, separei uma roupa mais leve, fui pro banheiro, tomei um banho rápido, me troquei e voltei pra cozinha - pensei que ia querer o almoço lá no banheiro
Clara: para de ser exagerada, eu nem demorei - ela riu e eu me sentei junto com ela. Almoçamos com ela falando um monte de merda no meu ouvido e dizendo que eu tinha que ficar com o Hogue e blá blá blá
Luana:  amiga, sério, ele tá caidinho por você, eu ficaria com ele de boa
Clara: pode ficar - ri e ela me olhou séria
Luana: ele quer você e não eu - revirou os olhos - você deveria pensar na possibilidade, até porque, ficar seis meses aqui e sem ninguém vai ser horrível
Clara: ah, falou a que tá pegando alguém né
Luana: querida, sábado eu vou sair com o Brian, a noiva e alguns amigos dele
Clara: e nem me convidaram, como assim? - a olhei sem acreditar
Luana: os planos pra você são outros meu amor
Clara: que outros? lá vem vocês de trairagem comigo meu - ela gargalhou  Luana: relaxa amiga, relaxa
Clara: relaxa nada - chegou mensagem no meu celular, olhei e era o Christian
Hi Bertolli
Olá Hogue kkk
Tudo bem?
Tudo sim e você?















Querendo te ver
Hahahaha
Até que você é bonito né
I'm very handsome
Convencido também kkkk
Estou no apartamento
Não quer vir pra cá com o Brian?
Mas que pergunta, eu quero muito
Hahahaha
Tá, então vem com ele
Vou ver onde ele está 
e digo que vamos
Ok, me avise
Pode deixar
Beijo
Beijo
Clara: acho que o Christian vai vir aqui com o Brian - olhei pra Luana
Luana: será que hoje ele consegue conquistar a mocinha? - rimos
Clara: você é idiota - ri - olha a foto que ele mandou - mostrei pra ela
Luana: ui, querendo te ver e essa carinha de quem faz estrago na vida de uma mulher - eu gargalhei
Clara: como eu estou vacinada, acho que esse perigo eu não corro - rimos. Ficamos ali conversando e um tempo depois o Brian mandou mensagem, dizendo que viria com o irmão, mas que não demorariam, até porque, amanhã ainda é quinta né. Eu e a Lu demos um jeito ali e ficamos os esperando, até a campainha tocar, então fui atender - oláa - disse animada e eles riram
Brian: Bertolli - me deu um beijo na bochecha e entrou
Christian: cheguei - sorriu e eu sorri também - tudo bem? - me deu um beijo e um abraço
Clara: tudo muito bem - fechei a porta e fomos pra sala
Christian: hey, Collins - riu do susto que ela tomou e a cumprimentou
Luan: e aí, Hogue - riu e ele se sentou no sofá, eu me sentei ao lado dele. Ficamos ali conversando, comendo alguns petiscos e dando boas risadas, com o Brian contando algumas histórias engraçadas sobre alunos brasileiros que vieram estudar aqui também. Estávamos assistindo um filme e o Christian me chamou
Christian: será que dá pra gente conversar? - eu o olhei
Clara: claro que sim, vamos no meu quarto - ele assentiu e levantamos
Luana: quer que pare o filme?
Clara: não precisa - fomos pro meu quarto, entramos e eu fechei a porta - pode falar - o olhei e sentei na cama
Christian: eu sei que a gente já conversou sobre isso - sentou na cama também - mas eu queria muito que você saísse pra jantar comigo no sábado - eu fiquei o olhando - prometo que não vou forçar nada, é só um jantar - eu sorri
Clara: não precisa falar assim - ri - eu saio com você - ele sorriu e eu fiquei hipnotizada, acabei sorrindo junto
Christian: eu sei que já te falei isso, mas vou falar de novo. Você é muito linda - eu fiquei o olhando e sorrindo um tanto quanto sem graça
Clara: você me deixa sem jeito, sabia? - ele riu
Christian: eu gosto, você fica vermelha - sorriu e ficamos nos olhando - promete não me odiar? - olhou pra minha boca e depois me encarou
Clara: por que?
Christian: porque eu não tô conseguindo segurar - nem falou mais nada e me beijou, assim, do nada. Eu pensei em recuar, mas a verdade é que eu queria esse beijo, então deixei rolar. Paramos por conta da falta de ar, ele me deu um selinho e colocou as mãos na frente do rosto, eu ri
Clara: o que foi?
Christian: você não vai me bater? - me olhou por entre os dedos e eu gargalhei
Clara: claro que não - tirei suas mãos do rosto - eu também quis - o olhei e ele sorriu
Christian: então, não precisamos mais ir com tanta calma? - eu ri
Clara: não, não como antes - sorri
Christian: podemos repetir? - eu ri de canto e assenti, então começamos outro beijo. Até que eu estava gostando disso e estava precisando
Clara: agora podemos voltar pra sala? - ele me deu um selinho e assentiu - então vamos - dei mais um selinho nele e levantamos da cama
Christian: eles podem saber?
Clara: podem - ri e saímos do quarto
Luana: conversa demorada essa de vocês né - eu ri e me sentei no sofá, o Hogue sentou do meu lado
Brian: acho que não foi só uma conversa - riu
Christian: cala a boca - rimos. Ficamos ali terminando de assistir o filme, depois eles disseram que iam embora, porque o Christian tinha fotos amanhã cedo e o Brian teria que vir a cidade universitária cedo também. Nos despedimos deles e como eu e o Christian nos beijamos, Brian e Luana ficaram fazendo gracinha pra nos zoar. Eles foram embora por volta das 19h30 e então ficamos só nós duas ali
Luana: muito bom saber que você seguiu meus conselhos - eu ri e ela me acompanhou - como foi? - contei pra ela sobre o que ele falou - ele é muito fofo né, será que entre quatro paredes ele é assim também? - eu gargalhei
Clara: ah, cala a boca - ela riu
Luana: eu disse que os planos pra você eram outros né, me agradeça por isso, eu que dei a ideia do jantar
Clara: queria ver se eu tivesse recusado
Luana: você não seria louca - rimos. Conversamos por mais um tempo, jantamos e depois de tomar banho, fui pro meu quarto dormir.
Sábado, 29 de outubro de 2016
Acordei cedo e já me arrumei, até porque, hoje vou passar o dia com o Hogue, o acompanhando em um ensaio, depois a uma social na casa dele e por ultimo o nosso jantar. Terminei de arrumar minhas coisas, saí do quarto e a Luana já estava na sala
Clara: caiu da cama? - ela deu um pulo no sofá e eu ri
Luana: caramba, Maria, que susto! - eu continuei rindo
Clara: desculpa amiga - ela acabou rindo também
Luana: quase morri, peste - sentou direito no sofá - eu acordei com minha mãe me ligando, não consegui dormir mais - me sentei ao lado dela - Christian vem te buscar? - eu assenti - vai passar o dia com o boy, que maravilha - eu ri
Clara: para de ser retardada - ela riu e chegou mensagem no meu celular, Hogue avisando que estava lá embaixo esperando - amiga, ele chegou - levantei - mais tarde a gente se vê lá na casa deles - peguei minhas coisas - Brian vem te pegar?
Luana: ele ou a Oli, eles vão me avisar
Clara: ok então, tô indo - dei um beijo nela - tchau
Luana: tchau, aproveita - piscou e me mandou beijo, eu ri e saí do apartamento. Desci e já vi ele dentro do carro, parado na frente do nosso prédio. Ele destravou a porta e eu entrei
Clara: oláa - ele riu com a minha animação e me deu um selinho demorado 
Christian: good morning - sorriu
Clara: good morning - rimos e ele deu partida
Christian: preparada pra essa maratona comigo? - riu
Clara: mais do que preparada - rimos - onde vão ser as fotos?
Christian: aqui perto, coisa simples, não deve demorar - me olhou rápido - pegou biquini?
Clara: sim senhor 
Christian: muito bom - sorriu. Fomos conversando no caminho até o local das fotos e rápido chegamos lá. Era em um prédio, então ele se identificou lá, o rapaz entregou um envelope pra ele e subimos pro terraço. Lá já tinha toda uma equipe com tudo preparado. A moça falou com ele, explicou tudo lá e ele foi se trocar. As fotos foram tranquilas e como estava calor, ele tirou a calça jeans ali no meio de todo mundo, o que nos fez rir
Clara: hey, Hogue - ele olhou sorrindo enquanto ia em direção a tenda pra se trocar e eu tirei uma foto - thanks - ele riu e continuou andando. Editei a foto e postei no insta, porque sim!
mcfbertolli: He is super at ease! hahahaha @official_hogue
lucollins: AMIGA, SÉRIO! que sorte a sua hahahaha
brian.hogue: I just watch hahahaha
hogue_charlotte: my son is handsome.
marcelafbertolli: ele é lindo, filha!
Parei de ver os comentários quando o Christian apareceu ali na minha frente
Clara: postei - mostrei meu celular pra ele, rindo
Christian: quero meus direitos de imagem hein - riu
Clara: ah, esquece isso - rimos
Christian: Collins tem razão, que sorte a sua - eu ri alto
Clara: para de se achar, por favor - ele riu e me deu um selinho
Christian: linda - sorriu - vamos? já acabei por aqui - eu assenti e fomos nos despedir do pessoal ali. Saímos do prédio, entramos no carro dele e partimos pra sua casa, demoramos quase uma hora pra chegar, mas tudo bem. Descemos do carro, ele alarmou o mesmo e entramos. Não havia ninguém na sala, então fomos lá pra fora, onde tinha um pessoal, além da Luana, Brian, a Olivia (noiva dele) e a Charlotte. O Hogue me apresentou como sua namorada e eu não sabia onde enfiar a cara. Depois dessa cena, subimos, ele me mostrou o quarto de hóspedes em que a Lu havia guardado suas coisas e foi pro seu quarto. Entrei no banheiro, coloquei meu biquini, um short jeans por cima e saí do quarto, dando de cara com aquele par de olhos azuis
Clara: se tivéssemos combinado, não daria certo - rimos
Christian: bom que ninguém tem que esperar - sorriu. Ele olhava pra mim de um jeito tão suave, com uma inocência que me deixava boba e um tanto quanto culpada por, mesmo sem querer, saber que não olho pra ele do mesmo jeito, mas isso é um assunto pra tratarmos depois. Dei um selinho nele e descemos, indo de volta lá pra fora, na parte da piscina. Christian foi pra uma rodinha de amigos e eu me juntei a Luana, que estava sozinha ali
Luana: nossa, voltou, pensei que iam fazer uma festinha lá dentro primeiro - eu ri e dei um tapa na cabeça dela
Clara: você é muito trouxa - ela riu
Luana: como foi lá?
Clara: foi de boa, o pessoal super tranquilo
Luana: aquela foto que você postou, com todo respeito, tá de parabéns - eu gargalhei
Clara: palhaça - rimos
Luana: vamo tirar uma foto, miga - pegou o celular e tiramos a foto - pode postar? - me mostrou e eu assenti - postei - peguei meu celular e fui ver
lucollins: LA também tem rolê de responsa hahahaha @mcfbertolli
Nem vi os comentários, porque a Olivia chegou ali perto da gente 
Clara: e aí, Oli - sorri
Olivia: e aí meninas - ela falava devagar, até porque, começou a falar o português fluente faz pouco tempo, segundo Brian
Luana: amiga, olha isso - me mostrou o celular aberto nas notificações do instagram e "neymarjr curtiu sua publicação"
Clara: é sério isso? - ela assentiu rindo - ele te segue?
Luana: pior que não - continuou rindo
Clara: para de rir, isso não tem graça
Olivia: o que houve? - nos olhou e eu expliquei meio por cima a situação, acho que ela entendeu
Luana: Maria, um cara rico, tem qualquer uma aos pés dele e tá assim atrás de você...
Clara: ele que quis assim, só ele
Christian: quem? - sentou ali do meu lado
Clara: ninguém - sorri e o selei. Ele ficou um tempo ali com a gente, depois veio o Brian e nós ficamos conversando ali. Senti um enjôo fora do normal e quase botei tudo pra fora ali mesmo, acho que pelo fato de eu ainda não ter comido nada, então o Hogue fez um prato de comida pra mim, depois de ter ficado preocupado. [...] Curtimos o resto do dia e quando foi umas 20h, eu e o Hogue subimos pra nos arrumar e irmos pro jantar.
[...]
Jantamos em um clima maravilhoso e deixamos claro algumas coisas entre nós. Ele disse que sabe que meu coração não está desocupado, mas por enquanto ele aceita dormir do lado de fora. Ele é um lindo e eu queria MUITO olhar pra ele como ele me olha. Depois do nosso jantar e de um término de dia maravilhoso, ele me levou pra cidade universitária, parou em frente ao prédio e me olhou
Christian: está entregue - sorriu
Clara: muito obrigada - sorri tirando o cinto - amei nosso dia - o dei um selinho
Christian: nós vamos repetir muitas vezes - sorriu e me deu um beijo rápido
Clara: agora deixa eu subir, senão vai ficar tarde pra você andar por aí - já passava de 1h da manhã
Christian: tudo bem, vai lá - nos beijamos, encerrando com um selinho demorado
Clara: a gente se fala - ele assentiu sorrindo e me deu mais um selinho - vai com Deus - peguei minha bolsa
Christian: fica com Ele - dei mais um selinho nele, saí do carro, entrei no prédio e acenei pra ele, que fez o retorno e saiu dali. Subi pro apê e quando entrei dei de cara com a Luana
Clara: oxi, tá fazendo o que aqui? - fechei a porta e ela riu
Luana: acabei de chegar, Brian veio me trazer com a Oli
Clara: conheceu mais alguém lá? 
Luana: ah, chegaram uns carinhas lá, mas nenhum que me chamasse atenção
Clara: muito exigente você - ri e me sentei no sofá, ela sentou do meu lado
Luana: seletiva - rimos - como foi com o Christian?
Clara: ah, foi de boa, ele é maravilhoso, super atencioso, tá indo devagar, sem apressar nada
Luana: que pena
Clara: por que?
Luana: ele tinha que ir pra cima - eu gargalhei
Clara: cala a boca - ela riu. Meu celular vibrou, olhei na tela e era notificação do Hogue - ai Jesus - abri a notificação e ele tinha postado uma foto nossa se beijando - esquece o que eu disse sobre ele estar indo devagar - mostrei a tela pra ela, que gargalhou
official_hogue: My dear @mcfbertolli  ❤️ 
mcfbertolli: ❤️
Luana: amiga, ele tá caidaço por você - eu ri
Clara: eu não sei nem o que dizer - ela riu
Luana: não diga nada, só aproveite essa benção de Deus - rimos. Conversamo mais um pouco por ali, ela foi tomar um banho e eu aproveitei pra dar uma revisada em um trabalho que tínhamos começado a fazer ontem. Depois de um tempo ela bateu na porta do meu quarto - amiga, pode ir tomar seu banho - eu a olhei e assenti - vou dormir, tá?! - veio até mim e me deu um beijo
Clara: boa noite amiga - sorri, ela mandou beijo e saiu do meu quarto. Fechei o notebook, peguei meu pijama, minha toalha e fui pro banheiro. Tomei meu banho, me vesti e fui pro meu quarto dormir.

Sábado, 5 de novembro de 2016            
Acordei super cedo porque não conseguia mais dormir, olhei no celular e eram 06h22. Levantei com cuidado pra não acordar o Hogue. Sim, ele dormiu aqui, mas porque acabei passando mal ontem na universidade e como eu não quis ir ao médico, ele disse que dormiria aqui pra cuidar de mim. E assim o fez.

Fui ao banheiro, fiz minhas higienes, tomei um banho rápido, me vesti e fiquei na sala assistindo qualquer coisa que passava. Quando foi umas 9h30 a Luana apareceu ali na sala
Luana: bom dia, Maria - deu um beijo na minha testa e eu sorri
Clara: bom dia, Collins
Luana: tá melhor?
Clara: acho que sim, só não consegui dormir muito bem
Luana: já tomou café da manhã? - eu neguei com a cabeça - então vamo lá comer alguma coisa
Clara: eu tô completamente sem fome, amiga, sério - ela ficou me olhando - quando o Christian acordar eu como com ele
Luana: se você não comer, eu te bato - eu ri - tô falando sério Maria, depois fica passando mal aí
Clara: relaxa - ela revirou os olhos e foi pra cozinha. Fui no meu quarto ver se o Hogue já tinha acordado, mas não tinha nem sinal de que aquele ser levantaria agora. Ele estava tão lindo (e gostoso) dormindo que acabei tirando uma foto. Editei a mesma e sim, postei no instagram
mcfbertolli: "Vou dormir aí pra cuidar de você" estamos vendo @official_hogue hahaha ❤️
gabsmarques: MARIA CLARA, VOCÊ ESTÁ DE PARABÉNS
candantas: Eu ia te xingar, mas nem isso você merece
thiagofmartins: Ae Maria, tá de palhaçada hein mano
hogue_charlotte: My baby ❤️ 
Parei de ver os comentários quando a Luana apareceu ali
Luana: você nasceu com o cu virado pra lua - eu ri
Clara: para de ser besta
Luana: eu posso ver aquele monumento com meus próprios olhos?
Clara: olha, mas não abusa
Luana: que isso, macho de amiga minha, pra mim é mulher - eu gargalhei
Clara: bela frase - rimos - pode ir lá 
Luana: e se ele estiver acordado?
Clara: diz que quer meu carregador - ela riu e ficou me olhando - vai, menina - ri e ela foi lá, abriu a porta do meu quarto, olhou dali mesmo, depois fechou e voltou correndo
Luana: você realmente está de parabéns - sentou do meu lado. Ficamos conversando e depois de um tempo o Hogue apareceu ali 
Christian: bom dia - veio por trás do sofá e me deu um selinho
Clara: bom dia - sorri
Christian: bom dia, Collins - deu um beijo no rosto dela
Luana: bom dia, Hogue - fez uma voz estranha e nós rimos
Christian: tá melhor? - sentou do meu lado e eu assenti - acordou faz muito tempo?
Clara: não consegui dormir, acordei antes das seis e meia
Christian: e vocês já tomaram café?
Luana: eu já e falei pra ela comer também, mas não quis e disse que comeria quando você acordasse - ele olhou pra ela e depois pra mim
Christian: então vamos - levantou do sofá e me puxou
Clara: mas eu nem tô com fome
Christian: mas tem que comer
Luana: isso aí, bota ordem - rimos e ele foi me arrastando pra cozinha. Nos sentamos lá no balcão, ele colocou dois copos ali e foi preparar alguma coisa que eu não faço ideia do que era, até porque, não estava com um pingo de fome. Tirei uma foto dele ali no fogão e também postei no instagram, só pra fazer inveja nas meninas mesmo
mcfbertolli: Now yes hahahaha @official_hogue
brian.hogue: Em casa ele não faz isso
guipitta_: Cê tá de brincadeira né?!
rafaella: Sem comentários...
Parei de ver os comentários quando ele veio pro balcão. Hogue colocou ovo mexido com bacon no meu prato e um suco de maracujá
Clara: parece estar uma delícia - o dei um selinho e, apesar de eu estar sentindo um pouco de enjôo por causa do cheiro, eu ia tentar comer. Ele colocou pra ele também e se sentou ao meu lado com o celular na mão
Christian: ama tirar fotos minhas né - eu ri
Clara: te acho muito fotogênico - ele gargalhou e eu o acompanhei
Christian: você é demais - rimos - ih, parece que a Collins também acha isso e não só de mim - riu e me mostrou o celular aberto no instagram dela, com uma foto nossa
lucollins: "Vamos, vai ser legal" não fui a lugar algum, mas sou vela mesmo assim hahaha, meu casalzinho @mcfbertolli @official_hogue #ChrisMa ❤️ 
Nem olhei os comentários e devolvi o celular pra ele ainda rindo
Clara: nossa maior fã
Christian: depois de mim - eu sorri e lhe dei um selinho - agora pode comer tudo isso aí
Clara: LUANA, QUERO MEUS DIREITOS DE IMAGEM - rimos ali na cozinha e a ouvi rindo na sala também
Christian: vai esfriar - disse enquanto comia
Clara: parece minha mãe
Christian: quero conhecer pra pegar umas dicas sobre você - rimos e eu comecei a comer. Quando dei a segunda garfada, o enjôo veio ainda mais forte e eu corri pro banheiro. Foi o tempo de eu abrir o vaso e coloquei tudo o que eu nem tinha comido pra fora - vai se arrumar que eu vou te levar ao hospital - disse entrando ali
Clara: não precisa, Hogue - me levantei, dei descarga e lavei minha boca
Christian: precisa sim, você não está bem desde ontem, isso não é normal
Luana: o que aconteceu? - apareceu ali também
Christian: ela não comeu quase nada e colocou tudo pra fora
Luana: Ah, Maria... - me olhou - você tem que ir no médico
Christian: acabei de dizer isso pra ela, mas é muito teimosa
Clara: gente, eu não sou mais criança, tá?
Luana: mas tá parecendo
Christian: vai se arrumar, eu vou te levar - eu fiquei o olhando - vai, Maria
Clara: que saco - bufei saindo do banheiro - vocês vão ver que é só algo que eu comi - entrei no meu quarto batendo a porta. Me arrumei de qualquer jeito peguei meus documentos e saí do quarto, o Christian entrou no mesmo, se trocou e voltou pra sala
Luana: quer que eu vá junto? 
Clara: não precisa, deve ser rápido - ela assentiu - vamos? - olhei pro Christian
Christian: vamos - pegou a chave do carro
Luana: qualquer coisa me liga - eu assenti e saímos do apê. Fomos pra garagem, entramos no carro dele, ele deu partida e ficou me olhando
Clara: o que foi?
Christian: desfaz esse bico, isso é pro teu bem, a gente precisa saber o que você tem
Clara: eu nem tô falando nada
Christian: mas tá com raiva que eu sei - eu o olhei - eu só quero cuidar de você  - eu sorri
Clara: eu sei - dei um selinho nele - vamos? - ele assentiu e saímos de lá. [...] Chegamos ao hospital, ele perguntou se eles tinham algum médico brasileiro, porque ficaria mais fácil pra mim né. Eles disseram que sim e então a moça nos encaminhou até o setor estrangeiro do hospital. Lá eu preenchi uma ficha, fiz um cadastro e blá blá blá. Ficamos na sala de espera por uns 15 minutos e a doutora logo me chamou
Christian: quer que eu vá junto? - eu assenti e ele se levantou comigo. Fomos até a sala, nos identificamos e sentamos com ela. Doutora Milena
Drª. Milena: o que os trazem aqui? - me olhou sorrindo e o Hogue me olhou, pedindo pra eu falar
Clara: é que já tem um tempinho que eu tô passando mal, não passando mal assim, mas é que as vezes eu tenho uns enjôos sem explicação, falta de apetite e as vezes apetite em excesso
Drª. Milena: teve tontura? - me perguntou enquanto anotava algumas coisas
Clara: tive, mas eu ainda estava no Brasil, tem um tempinho
Drª. Milena: mais alguma coisa?
Clara: eu tenho sentido dores abdominais, no estômago, não sei explicar direito - ela assentiu - minha barriga também tá um pouco inchada - o Christian me olhava meio que bravo, certamente por eu não ter contado nem metade disso tudo pra ele e pra Lu - aí eu não sei, deve ser algo que eu comi ou algum problema estomacal - sugeri e ela apenas negou com a cabeça enquanto continuava anotando
Drª. Milena: Maria, eu vou te pedir pra fazer esses exames - me mostrou a guia - você faz agora mesmo e o resultado sai em no máximo vinte minutos - eu assenti - você acompanha ela? - disse pro Christian
Christian: claro - assentiu e nos levantamos
Drª. Milena: no corredor a esquerda tem uma sala, vocês podem ficar lá na frente e eles te chamam pra fazer a coleta de sangue
Clara: tudo bem - peguei o papel, agradeci a ela e saímos da sala, indo pra onde ela nos indicou. Nos sentamos na frente dessa tal sala e em cinco minutos, a enfermeira me chamou. Tirei o sangue pros exames, também fiz de urina e depois voltamos pra sala de espera. Passaram uns 15 minutos e a Drª. Milena me chamou novamente. Como Hogue tinha ido comer alguma coisa, entrei na sala sozinha e me sentei de frente pra ela
Drª. Milena: cadê seu namorado?
Clara: ele não é meu namorado... não por enquanto - ri nervosa - já tem os resultados?
Drª. Milena: bom, como eu já desconfiava, você está perfeitamente bem - sorriu e eu a olhei estranho, já sentindo minha espinha gelar
Clara: mas e, e esses sintomas todos que eu tive, é normal? - disse com medo do que eu iria ouvir
Drª. Milena: super normal para gestantes - eu me engasguei com nada
Clara: você, você tá querendo dizer que... - não consegui terminar de falar e meus olhos encheram de lágrimas
Drª. Milena: isso mesmo, que você está grávida
Clara: não, eu não posso - não sabia o que dizer - minha menstruação veio no começo do mês passado
Drª. Milena: um dia só e quase nada no segundo?!
Clara: é-é, isso - a olhei
Drª. Milena: as vezes acontece e acho que isso te fez pensar que estava tudo ok né - eu assenti - e estava, filho é benção - eu sequei uma lágrima que escorreu no meu rosto - parabéns mamãe - sorriu




Demorei, mas postei.
Agora começam as emoções desse blog hahaha. 
Não vou fazer nada clichê que já tenha acontecido em outras fics.
Espero que vocês confiem em mim e não me matem no decorrer da história.
Comentem bastante porque são os comentários que me incentivam a postar.
Obrigada por aqueles do ultimo capítulo.
Beijos!!